Löw alfineta Mourinho e apoia ida de Schweinsteiger para os EUA

Na última terça-feira, o alemão Bastian Schweinsteiger anunciou sua saída do Manchester United rumo ao Chicago Fire, da Major League Soccer (MLS), Estados Unidos. O técnico da seleção da Alemanha, Joachim Löw, comentou a transferência.

- Ele me disse que fez tudo o que pôde para se firmar no time do Manchester United. Ele poderia ter ajudado seus ex-companheiros. Assisti muitos jogos do Manchester United em que eles deveriam ter entrado em campo com um meio-campista central, um cara que organizasse o jogo - comentou Löw.

Ídolo no Bayern de Munique, onde ficou durante 13 anos, Schweinsteiger se transferiu para a Inglaterra e ficou duas temporadas no United. No entanto, com a chegada de José Mourinho, ele acabou não tendo muitas oportunidades e ficou diversas vezes fora até da lista de relacionados, treinando com a equipe Sub-20.

O alemão ainda tinha mais uma temporada a ser cumprida no clube de Manchester, mas decidiu rescindir para ir aos Estados Unidos e ter a chance de jogar.

- Penso que a ida de Basti para os Estados Unidos é boa para ele ter novas experiências e encerrar sua carreira na MLS. É uma boa decisão - finalizou o treinador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos