Benzema se diz injustiçado por não estar na seleção: 'Já paguei por isso'

Um dos principais jogadores franceses da atualidade, Benzema foi literalmente esquecido da seleção pelo técnico Didier Deschamps e não vem sendo convocado desde que se envolveu em polêmica com o meia Valbuena, do Lyon. O atacante afirmou já ter pagado pelo que fez e não entende o motivo de ficar fora das listas dos Bleus.

- É duro para um jogador, sobretudo quando joga em um grande clube como o Real Madrid. Como na França são partidas de alto nível, defender a seleção é um orgulho. E quando não estou na lista, é uma decepção, porque amo o futebol - disse o jogador, ao programa "Team Duga", da "Rádio Montecarlo".

Benzema esteve no meio de uma polêmica com Valbuena no fim de 2015. Na ocasião, o atacante teria chantageado o ex-companheiro de seleção por conta de um vídeo íntimo. Deschamps não gostou da atitude do camisa 9 do Real Madrid e o afastou da seleção por tempo indeterminado. O treinador chegou a dizer há pouco tempo que não guarda mais rancor, mas, mesmo assim, não vem dando mais oportunidades ao jogador.

- O que eu faço no Real Madrid há oito anos fala por si só. Não sou convocado há um ano e meio e vivo mal, já disse isso muitas vezes. Se tem alguém que pensa que não amo a seleção da França, não é assim. Acho injusto, gostaria que ele me explicasse porque não sou convocado. Caso se trate do caso Valbuena, já paguei por isso. Que o treinador me diga se é por isso - disse.

O último jogo de Benzema pela França foi no dia 8 de outubro de 2015. No dia 25, a seleção encara Luxemburgo, fora de casa, pela quinta rodada das Eliminatórias para Copa do Mundo de 2018. No dia 28, os Bleus têm amistoso contra a Espanha.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos