Membros de facção detidos são proibidos de ir a jogos do Flu por um ano

Os 31 integrantes da organizada Young Flu detidos no entorno do Nilton Santos no decorrer do clássico da última quinta-feira já tiveram seu veredicto confirmado. Na manhã desta sexta-feira, o Major Silvio Luiz, do Gepe, divulgou que os integrantes da facção, feita em referência ao Fluminense foi condenado a ficar por um ano sem comparecer a partidas envolvendo o Tricolor das Laranjeiras.

Segundo informações do Major Silvio Luiz, do Grupamento Especial de Policiamento em Estádio (Gepe), os torcedores foram condenados por promover tumulto e violência. Após a ocorrência ser encerrada, o grupo foi liberado.

Os 31 membros da organizada foram detidos no entorno do Nilton Santos, no intervalo do Clássico Vovô. Segundo depoimento do Major Silvio Luiz ao "G1", os torcedores utilizavam camisas pretas como disfarce para tentar acessar a área destinada a botafoguenses.

Os agentes da Supervia deram o alerta aos policias, após os integrantes da Young Flu promoverem baderna nos trens, quando iam em direção ao Estádio Nilton Santos. Nenhum deles estava com ingresso para a partida, vencida por 3 a 2 pelo Fluminense, pela Taça Rio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos