França sofre, mas bate Luxemburgo nas Eliminatórias; Holanda perde

A França suou, mas conseguiu mais uma vitória nas Eliminatórias para Copa do Mundo. Em duelo contra a pior seleção do Grupo A, os gauleses sofreram para vencer Luxemburgo por 3 a 1, fora de casa, com dois gols de Giroud. O outro foi marcado por Griezmann. Joachim fez o de honra, mas que deve ficar na história do jogador. O jovem Mbappé, de apenas 18 anos, fez sua estreia pelos Bleus ao entrar no segundo tempo na vaga de Payet.

Com o triunfo, os franceses seguem na liderança isolada, com 13 pontos, três a mais que a Suécia. Em terceiro vem a Bulgária, que surpreendeu e venceu a Holanda, em Sofia, com nove. A Laranja Mecânica, com sete, fica em quarto. Bielorrússia (2) e Luxemburgo (1) completam a chave.

A França teve mais dificuldade do que imaginava contra a fraca seleção de Luxemburgo. Tanto que a primeira boa chance foi dos donos da casa, mas Lloris fez boa defesa. Mas não demorou muito para os Bleus passarem a ter o domínio territorial da partida, jogando sempre no campo ofensivo.

As oportunidades foram aparecendo aos montes. Griezmann, Payet e Umtiti perderam suas chances. Mas Giroud, não. Em saída de bola errada de Luxemburgo, Sidibé foi à linha de fundo e cruzou para o atacante do Arsenal só escorar para o gol.

Pouco depois, o que era praticamente impossível aconteceu. O árbitro deu pênalti de Matuidi em Daniel da Mota. Joachim foi para cobrança, deslocou Lloris e empatou. Mas a festa da torcida durou pouco. Sidibé foi derrubado dentro da área e Griezmann recolocou os franceses na frente. Os Bleus quase ampliaram, quando Matuidi acertou o atrave de Schon.

O jogo seguiu eletrizante no segundo tempo, com Luxemburgo querendo aprontar para cima da França. E os anfitriões tiveram uma chance de ouro para empatar. Bensi fez jogada pela direita e cruzou na medida, mas Daniel da Mota furou, de cara para Lloris.

Mas os franceses foram mais efetivos. Na insistência, chegou ao terceiro gol. Em cruzamento da esquerda de Mendy, Giroud cabeceou bem, a seu feitio, para matar o goleiro Moris. Logo depois, o técnico Didier Deschamps promoveu a estreia do atacante Mbappé, que entrou na vaga de Payet. E o jovem do Monaco quase marcou em seu primeiro jogo pela seleção, após passe de Dembélé.

HOLANDA PERDE E SE COMPLICA

A fase da Holanda não é nada boa. Após ficar fora da última Eurocopa, a Laranja Mecânica corre sérios riscos de não se classificar para a Copa do Mundo. Neste sábado, a seleção dos Países Baixos perdeu para a Bulgária, em Sófia, por 2 a 0, e caiu para a quarta colocação no Grupo A.

Mesmo com nomes como Robben (Bayern de Munique), Wijnaldum (Liverpool) e Bas Dost (artilheiro do Português pelo Sporting), a Holanda não se encontrou em campo. E levou o primeiro gol logo aos quatro minutos, quando Delev recebeu cruzamento e contou com falha de De Ligt para abrir o placar.

A equipe sentiu o gol e o nervosismo entrou em campo, principalmente porque a Suécia já havia feito o seu papel e vencido o seu jogo. Sem padrão de jogo, a Holanda levou o segundo aos 19, novamente com Delev, que recebeu na entrada da área, girou com facilidade sobre De Ligt e bateu no cantinho, sem chances para Zoet.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos