ATUAÇÕES: Rivais ficam 'na média' em empate no Majestoso

A melhor nota foi de Jô, pelo oportunismo que definiu o 1 a 1 entre São Paulo e Corinthians, no Morumbi. Mas no geral os rivais não tiveram desempenhos individuais de grande destaque no clássico. Confira as notas do jogo:

SÃO PAULO

?

6,5

Renan Ribeiro

Uma boa defesa em chute de Rodriguinho no primeiro tempo. Não teve culpa no gol de Jô.

6,5

Araruna

Muito entusiasmo, força física, mas poucos acertos no ataque. Perdeu o duelo para Guilherme Arana.

6,0

Maicon

Fez o gol do São Paulo, mas cometeu vários erros de posicionamento. Inclusive no gol de Jô. Foi superado pelo atacante corintiano na partida.

6,5

Rodrigo Caio

Teve de jogar por ele e por Maicon. Em alguns lances, ficou sozinho para segurar Jô.

6,0

Junior Tavares

Fez um primeiro tempo muito bom, com boas tabelas com Luiz Araújo. Mas deixa muito espaço em seu setor defensivo.

6,5

Jucilei

Mesmo forma de forma, sabe os atalhos do campo. Teve boa saída de bola e cobriu algumas falhas defensivas.

6,5

Thiago Mendes

Roubou muitas bolas e dominou o meio campo, mas errou muitos passes na hora de distribuir a bola.

6,0

Cícero

Foi o responsável pela ligação da defesa para o ataque. Falta movimentação para exercer esta função. De cabeça foi bem. Assistência para Maicon e outra boa finalização.

5,5

Wellington Nem

Começou com disposição, mas sofreu duas faltas e caiu de produção. Precisou tomar uma injeção no intervalo. No segundo tempo, deveria ter sido expulso por falta violenta. Acabou levando vermelho injustamente.

3,5

Gilberto

Só foi visto em campo na hora em que foi substituído. Muita vontade, mas foi dominado pela zaga corintiana.

6,5

Luiz Araújo

Teve início alucinante, levou grande perigo ao gol de Cássio, com bom entrosamento com Junior Tavares. Sem ajuda dos companheiros de ataque, cansou na etapa final e saiu.

4,0

Chavez

No mesmo nível do Gilberto.

5,5

Neílton

Entrou aos 36 minutos do segundo tempo, cometeu uma falta e chutou fraco no gol, em boa oportunidade.

5,0

Téc: Rogério Ceni

Continua sem encontrar uma solução para os problemas defensivos da equipe.

CORINTHIANS

6,0

Cássio

Fez ótima defesa em finalização de Luiz Araújo e foi seguro em outros lances. Porém, exitou e saiu mal no lance do gol são-paulino.

5,5

Léo Príncipe

Lateral teve dificuldades na marcação, já que o São Paulo atacou muito no seu setor. Jovem substituto de Fagner apareceu pouco no ataque.

6,0

Balbuena

Foi mal na saída de bola sempre que tentou passes longos. Na marcação, ganhou a maioria das disputas, mas sofreu em lances de velocidade.

6,5

Pablo

Bem posicionado, fez interceptações e bons desarmes. Evitou um provável gol do São Paulo. Um dos menos culpados pelo gol tricolor.

6,0

Guilherme Arana

Foi bem menos ao ataque do que o habitual, mas deu cruzamento preciso para Jô marcar. Atrapalhado pelo sol, falhou no gol de Maicon.

6,0

Gabriel

Apesar de exagerar um pouco nas faltas e ter sido amarelado novamente, cumpriu o papel de fechar espaços e roubar bolas.

6,0

Pedrinho

Quanto teve a bola, deu dribles, fez tabelas e pareceu não sentir o peso do clássico. Contudo, foi aparecendo cada vez menos e acabou sacada.

6,5

Jadson

Centralizado, participou bastante da partida, sobretudo na primeira etapa, com passes e cruzamentos de qualidade. Ainda pode evoluir.

5,5

Rodriguinho

Abaixo do que pode render. Deu um chute perigoso no primeiro tempo e mais nada. Criou pouco, deu espaços na marcação e cavou amarelo.

5,5

Maycon

Atuou na maior parte do tempo aberto pela esquerda, mas também ajudou Léo Príncipe do lado oposto. Discreto na frente e atrás.

7,0

Decisivo nos três clássicos do Corinthians no ano. Até o gol, entretanto, vinha com dificuldades para segurar a bola no ataque.

6,0

Léo Jabá

Entrou um pouco fora de sintonia, mas logo se encontrou. Embora tenha criado pouco, deu mais força e fôlego ao ataque corintiano.

6,0

Camacho

Ajudou a fechar espaços no pouco tempo em que ficou em campo. Participou do lance que resultou na expulsão de Wellington Nem.

-

Moisés

Substituiu Guilherme Arana, machucado, e apareceu pouco. Ajudou na marcação e quase não passou do meio de campo.

6,0

Téc: Fabio Carille

Surpreendeu ao puxar Jadson para o meio e abrir Maycon. Time mais uma vez teve dificuldades na criação. Tinha poucas opções na reserva.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos