Com gols de Fred e Luan, Atlético vence URT e dispara na liderança

No dia seguinte ao seu aniversário de 109 anos, o Atlético-MG recebeu a URT no Independência e presenteou seu torcedor com mais uma vitória no estadual, a nona seguida. Depois de um primeiro tempo em branco e com boas defesas do goleiro adversário, a equipe de Roger superou a equipe de Patos de Minas pelo placar de 2 a 0. Os responsáveis pela vitória foram o atacante Fred, artilheiro do campeonato com dez gols, e Luan, que saiu do banco para decretar a vitória.

Com o resultado, o Atlético vai aos 27 pontos e abre sete de vantagem do Cruzeiro, que ainda jogará nesta segunda-feira, contra o Uberlândia. Vale lembrar que os rivais ainda se enfrentam nesta primeira fase e farão o clássico no sábado que vem, no Mineirão. Já a URT perde a chance de entrar no G-4 e permanece com 13 pontos.

O jogo

Desde os primeiros minutos, o Atlético-MG mostrou bastante intensidade em campo. Dominante na posse de bola, o time da casa chegava ao gol com mais frequência, mas esbarrava na boa marcação da URT. O time de Patos de Minas saiu pouco ao ataque, mas conseguiu tirar a velocidade das ações atleticanas, forçando Robinho a deixar os flancos e se movimentar com maior frequência para tentar desorganizar o sistema defensivo adversário.

Após um segundo momento com muitos passes errados e falta de capricho no momento de definir as jogadas, o Galo voltou a apresentar um ritmo forte. Por duas vezes, Marcos Rocha deixou seus companheiros na cara do gol. Na primeira, Fred parou na ótima defesa de Juninho. Pouco tempo depois, Robinho não dominou como queria e deixou a bola escapar. Ainda antes do intervalo, um lance confuso marcou aquele que seria o primeiro gol do Galo. Elias foi derrubado na entrada da área e Cazares marcou logo em seguida. Porém, a arbitragem optou por marcar a falta, gerando muitas reclamações.

Não fosse a sorte de Juninho no chute de Gabriel e a competência em outra finalização de Fred, a URT teria ido para o intervalo em desvantagem. No ataque, seu melhor momento aconteceu em um chute perigoso de Allan Dias.

Na terceira tentativa, Fred não perdoa

O segundo tempo mal começou e o atacante Fred rapidamente se redimiu das chances perdidas com um golaço. Após um passe sensacional de Robinho, o camisa 9 recebeu na área e fez o mais difícil: matou no peito e bateu de pernas esquerda, desta vez sem chances para o goleiro Juninho.

A entrada de Luan melhorou o Atlético em campo. Além da recomposição defensiva, o menino maluquinho deu mais qualidade que o setor direito não tinha com Danilo. A dinâmica funcionou e as jogadas fluíram com mais facilidade. Novamente, o goleiro Juninho precisou fazer boas intervenções para impediu o gol atleticano.

Apesar de tomar as rédeas do jogo e se apresentar melhor em campo, a vantagem pela margem mínima deixou o jogo perigoso para o Atlético. Restando cerca de 15 minutos para o fim, Roger promoveu a estreia do volante Adílson, que formou a trica de volantes e fechou o meio do Galo. E para coroar a vitória, Luan fechou a conta. O atacante recebeu um passe primoroso de Cazares, driblou o goleiro e marcou mais um. 2 a 0 placar final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos