Zé Ricardo evita críticas, mas admite: 'Nos sentimos prejudicados'

Sempre sereno, o técnico Zé Ricardo evitou críticas diretas ao árbitro Luis Antonio Silva dos Santos no Clássicos dos Milhões, neste domingo, em Brasília. No entanto, o treinador admite que o Flamengo foi 'lesado'. O Rubro-Negro vencia por 2 a 1 até os acréscimos do segundo tempo, mas foi prejudicado por um pênalti inexistente.

- Fiz uma promessa a mim mesmo quando comecei a carreira, que não comentaria sobre arbitragem. Algumas pessoas me falaram que eu passaria por momentos assim. Vimos que não foi pênalti, não precisava ninguém falar para mim. Nos sentimos um pouco prejudicados, lesados, é um clássico, mas parabenizo nossos atletas, foi um bom espetáculo. Mas, infelizmente, a vitória não veio. Vida que segue, agora é pensar no Volta Redonda na quarta-feira - comentou o treinador, que ainda fez uma análise do desempenho do Flamengo no clássico.

- A equipe não fez 90 minutos 100%, mas fez o suficiente para ganhar - disse.

Zé Ricardo contou ainda que Renê ficou muito chateado com o pênalti assinalado erroneamente. O lateral rubro-negro desviou o cruzamento de Nenê com a barriga, mar o árbitro viu mão na bola.

- Ele estava muito chateado. A vitória estava praticamente garantida. Após a queda de energia, nos concentramos na nossa proposta. Poderíamos até ter feito outros gols. Vamos deixar que as avaliações sejam feitas pela imprensa, por quem assistiu. Agora é pensar em buscar os três pontos lá em Volta Redonda - ressaltou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos