Galiotte diz que Palmeiras não deve ter o Allianz se for à final do Paulista

Se chegar à final do Campeonato Paulista e for mandante no jogo de volta, o Palmeiras não deverá ter o seu estádio à disposição. Um dia antes da data prevista para a última partida do Estadual, o Allianz Parque receberá um show de Sting em seu anfiteatro.

Se isso acontecer, a única fase dos mata-matas em que o Verdão poderá jogar em sua arena será a semifinal. Já está definido que o time enfrentará o Novorizontino nas quartas de final, sendo mandante no segundo jogo, em 8 ou 9 de abril. Esta partida já está confirmada para o Pacaembu, porque o gramado do Allianz será retirado para os shows de Justin Bieber e Elton John.

Neste domingo, em participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, o presidente Maurício Galiotte deu como certo que uma eventual final não seria no Allianz Parque.

- Nós temos um contrato com a WTorre. Eles programam os shows durante o ano e, caso ocorra a coincidência, nós temos de deixar a arena. Isso está no papel, nós assinamos. Podemos tratar com a parceira? Podemos. Mas está assinado. Temos as quartas de final, que vamos fazer no Pacaembu. O que nos preocupa mais é que nós temos, caso a gente chegue às finais do Paulista, o segundo jogo em casa. Infelizmente não poderemos contar com a arena - disse o mandatário.

O Palmeiras será mandante no segundo jogo de uma eventual decisão se tiver mais pontos que seu adversário na classificação geral do Paulistão. Os pontos somados nos jogos eliminatórios vão se somar aos que foram acumulados na primeira fase. Neste momento, o clube tem a melhor campanha do torneio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos