São Longuine: meia vira talismã no Santos e cobra renovação de contrato

  • Ivan Storti/Santos FC

O técnico Dorival Júnior tem explorado o elenco do Santos ao máximo e utilizado a maioria dos reservas, principalmente os seis reforços contratados para a temporada. Mas quem tem feito a diferença é um velho conhecido do treinador e do santista: Rafael Longuine.

Diante do Botafogo-SP, na Vila Belmiro, o meia substituiu Lucas Lima para iniciar a jogada do gol e fazer o tento da vitória. Diante do Novorizontino, também em casa, foi ele o autor do chute que culminou no pênalti e no primeiro gol e o dono da assistência para Kayke fazer o segundo.

Os feitos fizeram de Longuine uma espécie de talismã da Vila Belmiro neste Paulistão. Ou São Longuine, como preferir o torcedor de mais fé.

"Contra o Botafogo, eu entrei muito bem e entrei como segundo volante, mas tenho essa característica de chegar bem próximo ao gol e acompanhar a jogada de trás, finalizando, é uma posição que eu gosto. A posição que ele (Dorival) me colocar, eu vou estar à disposição para estar ajudando", diz, ao ser perguntado sobre a preferência por posição.

Fato é que para o camisa 17 continuar sendo o santo dos jogos impossíveis do Peixe, ele precisará renovar seu contrato, que termina no dia 30 de maio. A dois meses do término, o Peixe ainda não estendeu o vínculo.

"É uma situação que já era para estar resolvida, mas não cabe a mim estar falando disso, para resolver tem outras pessoas que podem falar melhor do que eu. Eu tento focar no meu dia a dia, nos treinamentos, oportunidades e essa parte de fora eu deixo para diretoria e empresários cuidarem", relata.

Mesmo tendo sido sondado pelo Coritiba e por outras equipes, o meia já tem sua preferência e só depende da diretoria santista para ter o desejo atendido.

"Lutei tanto para chegar aqui, né? Foi muito difícil, sempre batalhei para chegar em um grande clube como o Santos. Então, não tenho o por quê eu pensar em sair daqui, claro que eu também tenho que ver meu lado e ver se eles querem que eu fique. A partir desse momento que eles derem esse aval e que eles quiserem contar comigo, que eu possa estar ajudando de alguma forma.... Eu penso em mostrar meu valor e potencial a cada dia e ajudar da forma que precisem", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos