Impulsionados pela Liberta, Bota e Fla têm grande aumento em sócios

A volta à Copa Libertadores da América trouxe benefícios fora de campo para Botafogo e Flamengo. Além da renda com os bons públicos, a disputa do principal torneio sul-americano também impulsionou os programas de sócios-torcedores dos clubes.

Neste ano, o Botafogo já ganhou 13.459 sócios-torcedores, enquanto o Flamengo angariou 13.405 novos associados. A dupla está atrás apenas da Chapecoense, que ganhou 23.869 sócios após a tragédia no fim do ano passado.

Ainda completam o Top 5 dos clubes que mais ganharam sócios neste ano o Atlético-MG e Grêmio, que também estão na disputa da Libertadores. O Galo angariou 3.711 associados, enquanto o Tricolor gaúcho ganhou 2.098.

No Torcedômetro, ranking nacional do Movimento por um Futebol Melhor, o Flamengo aparece na sexta colocação, com 88.929 sócios-torcedores. Já o Botafogo é o 13º, com 27.013.

Além de ajudarem o clube e aproveitarem ações exclusivas, sócios-torcedores aproveitam descontos em produtos Ambev (Brahma), Empório da Cerveja, Chopp Brahma Express, Sky, Pepsico, Premiere, Centauro.com.br, Rede de Hotéis Arco, Méliuz e Bic, empresas parceiras do Movimento por um Futebol Melhor.

Desde 2013, o Movimento concedeu mais de R$ 80 milhões em descontos aos sócios-torcedores dos 74 clubes participantes, que somam 1,2 milhão de inscritos e contribui para uma receita estimada de R$ 400 milhões/ano no futebol com os programas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos