Sem pressa, Verdão vai tratar pé de Luan e não define prazo para estreia

O zagueiro Luan, novo jogador do Palmeiras, ainda não tem prazo para estrear pelo clube. Primeiro porque não tem mais como ser inscrito no Paulistão e só poderá disputar a Libertadores a partir dos mata-matas, mas também porque se recupera de cirurgia no pé direito e concluirá o tratamento no centro de excelência da Academia de Futebol. O Verdão não tem pressa e trata o jovem de 23 anos como um reforço sobretudo para o futuro.

Após chegar a um acordo com o Vasco, o Palmeiras fez exames médicos em Luan na última terça-feira. Ainda não está definido se o restante do tratamento será feito de forma conservadora ou com uma nova cirurgia, mas a conclusão é de que vale a pena esperar pela plena recuperação do defensor, que se destacou em São Januário e foi campeão olímpico pela Seleção Brasileira. Por isso, ele foi aprovado e vai assinar contrato de quatro anos.

Resumindo: o clube avalia que Luan é bom zagueiro e voltará a ficar 100% fisicamente, só não sabe em quanto tempo.

Luan convive com dores no pé direito desde a Florida Cup, competição de pré-temporada disputada nos Estados Unidos. O Vasco optou inicialmente por tratamentos conservadores, sem intervenção cirúrgica, mas não deu certo. Ele foi operado no dia 3 de março, com previsão de retorno em um mês, que não será cumprida. O problema é no quinto metatarsiano do pé direito, uma lesão parecida com a que Gabriel Jesus sofreu recentemente, mas um pouco mais grave.

Os primeiros dias de tratamento na Academia de Futebol vão ajudar a definir qual caminho o Palmeiras seguirá. Ele já deve começar a trabalhar no local nesta quinta-feira.

O sistema defensivo do Verdão vive bom momento. Edu Dracena e Mina são os titulares, com Vitor Hugo e Antônio Carlos como opções. O diretor de futebol considera que o ideal é ter cinco jogadores para essa posição no elenco, o que será concretizado com a chegada de Luan. Thiago Martins, que se recupera de cirurgia no joelho esquerdo, voltará entre setembro e novembro, aumentando o número para seis.

No entanto, a chegada de Luan também é uma maneira de se precaver de possíveis saídas. Vitor Hugo é frequentemente assediado por equipes da Europa, como a Fiorentina (ITA), que já teve uma proposta recusada pelo Palmeiras e pode fazer nova investida no meio do ano. Yerry Mina tem a saída para o Barcelona praticamente assegurada, restando definir quando: a ideia do clube é liberá-lo apenas após a Copa de 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos