Botafogo tenta contratar jovem lateral do Santos pela terceira vez

Depois de duas tentativas frustradas de negociação em 2016, o Botafogo voltou a sondar o lateral-direito santista Daniel Guedes. O clube carioca procurou o Peixe para tratar pela terceira vez da possibilidade de empréstimo do jovem de 23 anos. A história, contudo, deve se repetir e um acordo não deve acontecer entre as partes.

O Botafogo vive grave crise na lateral direita: Luis Ricardo ainda se recupera de cirurgia, Jonas e Marcinho estão lesionados e só voltam no fim do ano, e até o improvisado Marcelo não está totalmente recuperado de problema físico sofrido no mês passado. Maicon, de duas Copas do Mundo pela Seleção Brasileira, treina no clube, mas sem qualquer vínculo contratual. Em entrevista à Rádio Globo, na última quinta-feira, o presidente do Glorioso, Carlos Eduardo Pereira, negou a disposição para contratar o atleta de 35 anos. O jogador precisa de seis semanas, pelo menos, para se recondicionar, após ficar inativo desde o meio do ano passado. O Alvinegro Carioca tem pressa.

Preterido pelo titular Victor Ferraz e Matheus Ribeiro, reserva imediato, o Menino da Vila ainda não atuou em nenhuma oportunidade durante esta temporada e não está inscrito para as fases finais do Paulistão. Apesar de figurar entre os selecionados para disputar a Libertadores, Daniel Guedes não chegou nem sequer a frequentar o banco de reservas nas duas partidas do Santos na competição internacional.

No entanto, a possibilidade de se transferir a General Severiano não entusiasmou o lateral-direito. Em uma conversa franca com o técnico Dorival Júnior, Guedes mostrou determinação para brigar pela posição no Santos e externou seu desejo de ser negociado apenas com o futebol europeu. Vale destacar que o Hamburgo (ALE) tem a preferência de compra do jogador em negócio envolvendo a contratação do zagueiro Cleber no início deste ano.

No ano passado, o Botafogo procurou Daniel Guedes e seus representantes em duas oportunidades. A diretoria santista, no entanto, brecou qualquer possibilidade de negócio após a negativa do técnico Dorival Júnior. O treinador alvinegro, à época, tinha a intenção de contar com cinco laterais para a atual temporada.

Revelado nas categorias de base do próprio Santos, Daniel Guedes foi promovido à equipe profissional em 2014, após o título da Copinha naquele ano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos