Real faz dérbi de Madri com o Atlético; Barcelona visita o Málaga

Madri estará efervescente neste sábado. Isso porque o Real recebe o rival Atlético às 11h15 (de Brasília), no Santiago Bernabéu, no dérbi que promete agitar o Campeonato Espanhol. Enquanto os Merengues lideram o torneio, o Colchonero engatou cinco vitórias consecutivas e já chegou à terceira posição.

O Real lidera com 71, dois a mais que o Barcelona. O Atlético vem em terceiro, com 61, deixando para trás o Sevilla, que soma 58. Os Madridistas ainda têm um jogo a menos.

No primeiro turno, o Real aproveitou o momento instável do Atlético e venceu, no Vicente Calderón, por 3 a 0, com três gols de Cristiano Ronaldo. Em entrevista coletiva, o técnico Zinedine Zidane tratou de afastar as comparações com o jogo anterior entre as equipes da capital espanhola.

- É uma partida diferente da ida. Cada jogo tem sua história. Eles estão bem e não me espelho em nada o outro duelo - afirmou o treinador:

- Todos falam do Atlético pela sua defesa. Sim, se defende muito bem, mas não é só isso. Nos últimos anos, creio que melhorou muito o seu jogo. Defendem e atacam. Sabem jogar futebol. Vamos tentar dar trabalho a eles.

O Real Madrid deve ter a volta de todos os titulares que foram poupados na vitória por 4 a 2 sobre o Leganés. Zidane não relacionou Cristiano Ronaldo, Bale e Kroos, e deixou no banco Modric, Benzema e Carvajal. Varane, lesionado, é desfalque certo.

- A ideia é ter o trio BBC em boa forma, chegar ao fim da temporada no top físico. Quando poupamos Cristiano Ronaldo e Bale, é que temos muitas partidas a disputar. E os outros jogadores eu sei do que são capazes. Cada partida tem sua história e isto nós já sabemos. Vamos jogo a jogo e espero que fisicamente vamos terminar a temporada como estamos fazendo a cada treino - explicou o treinador.

ATLÉTICO DE OLHO EM RETROSPECTO

Desde que Diego Simeone assumiu o Atlético de Madrid, em 2011, a equipe já venceu o rival Real Madrid três vezes no Santiago Bernabéu. Mas o treinador não quer levar esse retrospecto para dentro de campo e falou de outro duelo importante.

- O que tenho mais orgulho não é de vencer no Santiago Bernabéu três vezes, mas do empate no Camp Nou em 2014, que nos deu o título do Campeonato Espanhol - disse 'El Cholo", em entrevista coletiva, lembrando do 1 a 1 com o Barcelona.

Simeone confirmou a ausência de Kevin Gameiro, o que deve dar a Fernando Torres mais uma chance no comando de ataque. O comandante colchonero elogiou outro atacante do time, o francês Antoine Griezmann.

- Sempre quero o melhor para os jogadores que nos dão a vida como Antoine. Seu crescimento se deve porque ele quer sempre melhorar, se integrar ao clube. Passou a ser um homem e está no caminho de ser um dos melhores do mundo. Está fazendo uma grande temporada.

BARCELONA VISITA O MÁLAGA

O Barcelona encara o Málaga neste sábado, às 15h45 (de Brasília), de olho no clássico madrilenho. É o primeiro dos oito últimos jogos da equipe no Campeonato Espanhol. Em entrevista coletiva, o técnico Luis Enrique, preferiu não colocar como obrigação para ser campeão vencer as partidas restantes. Ele falou ainda sobre o fato de o time catalão atuar antes do Real Madrid, como ocorreu na rodada passada, e jogar a pressão para o rival.

- O importante para nós é que os rivais vão deixando pontos, seja antes ou depois de nossos jogos. Mas tudo passa por nós conquistarmos os três pontos.

Contra o Málaga, o Barcelona terá três desfalques. Um deles é Rafinha, que passou por uma cirurgia no joelho direito e está fora da temporada. Arda Turan e Aleix Vidal também não jogam. Entre os relacionados estão dois jovens de La Masia: Aleñá e Carbonell. Fora da lista contra o Sevilla, Mathieu também volta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos