Lateral do Cruzeiro admite preferência por final contra ex-clube

O Cruzeiro já está garantido na semifinal do Campeonato Mineiro, mas ainda não sabe quem terá pelo caminho na briga para reconquistar a hegemonia estadual. Nesta manhã de domingo, a equipe jogará com um time misto diante do Democrata. Na parte da tarde, a Raposa ficará sabendo se terá pela frente o América-MG ou a URT, concorrentes ao terceiro lugar.

Apesar do discurso tradicional de que não é possível escolher adversário, o lateral Bryan vai contra a corrente e explica porque prefere pegar seu ex-clube, o América, na semifinal.

- Nesse momento precisamos pensar em logística. Enfrentar mais uma viagem para Patos de Minas (caso a URT seja o adversário), por exemplo, seria um desgaste a mais. Jogar um clássico é bom também. Entramos agora numa semana importante, com a Copa do Brasil, jogos bons. Ficar em Belo Horizonte seria uma boa - falou o jogador.

Ao contrário do que disse o lateral, se o Cruzeiro enfrentar a URT, terá que percorrer uma distância de 400km até Patos de Minas já na semana que vem para fazer o primeiro jogo.

Além de jogar em Belo Horizonte, pegar o Coelho também pode significar maior apoio do torcedor em campo. No jogo da primeira fase do Mineiro, vencido pelo Cruzeiro por 1 a 0, a Raposa jogou no Independência, com o mando de campo do América, mas contou com a maioria dos torcedores presentes a seu favor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos