Carta foi encontrada perto do ônibus do Borussia, diz procuradora

A polícia de Dortmund ainda não sabe as causas das explosões que atingiram o ônibus do Borussia nesta terça-feira. Contudo, a procuradora Sandra Lücke revelou que uma carta foi achada perto do local e está sendo analisada. Para não prejudicar a investigação, ela não quis dar mais detalhes da pista.

- Uma carta foi encontrada, mas não posso dar mais informações por razões táticas. A autenticidade está atualmente sendo investigada. A carta toma responsabilidade sobre o ato, e eu não posso dizer mais nada - informou a procuradora, ao jornal "Ruhr Nachrichten", de Dortmund.

Já o chefe de polícia local, Gregor Lange, disse que autoridades trabalham com a tese de um ataque direcionado ao ônibus do Borussia Dortmund. Ele preferiu não taxar o incidente como um ato terrorista.

- Não podemos dar muitos detalhes ainda, mas decidimos que deveríamos falar. Às 19h15 (do horário local), aconteceram três explosões nas proximidades do hotel do Borussia Dortmund, presumindo que foi um ataque direcionado. Não queremos excluir nada. As circunstâncias concretas ainda não estão claras - disse Lange.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos