Cirino, Hernane, Paulo Baier... Relembre jogadores e fatos da final da Copa do Brasil 2013

Finalistas da Copa do Brasil 2013, Flamengo e Atlético-PR voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. O Rubro-Negro carioca levou a melhor na decisão daquele torneio nacional e venceu o segundo jogo da finalíssima no Maracanã, por 2 a 0, com gols de Elias e Hernane.

Cerca de três anos e meio depois daquela decisão, o LANCE! relembra alguns fatos marcantes. Confira abaixo:

- O técnico do Flamengo naquela conquista era o hoje auxiliar Jayme de Almeida.

- Este foi único título de expressão nacional conquistado pela gestão de Eduardo Bandeira de Mello.

- Marcelo Cirino era o destaque do Atlético-PR. Em 2015, ele acertou com o Flamengo, com status de grande jogador, mas não conseguiu se firmar. Hoje, nem sequer fica no banco de reservas do Rubro-Negro. Curiosamente, ele ainda pertence ao Furacão e está somente emprestado ao Fla. Se não vender o camisa 7 até o fim do ano, a gestão Bandeira de Mello terá de pagar cerca de R$ 16 milhões pelo atleta.

- Éverton, hoje no Flamengo, foi um dos destaques do time do Atlético-PR na campanha da Copa do Brasil daquele ano, mas não participou do segundo duelo da final, no Rio.

- O goleiro Weverton já se mostrava promissor no Furacão e fez boas defesas contra o Flamengo. Anos mais tarde, ele seria campeão olímpico.

- O goleiro César e os meias Adryan e Gabriel são os remanescentes daquele elenco do Flamengo. Os dois primeiros, porém, foram emprestados nos últimos anos, e agora são reservas no Rubro-Negro.

- O experiente Paulo Baier era titular do Atlético-PR. Ele se aposentou em junho do ano passado e virou uma espécie de 'mito' nas redes sociais.

- A Copa do Brasil salvou o ano do Flamengo em 2013. O Rubro-Negro fez uma campanha muito ruim no Brasileiro e terminou como 16°.

Relembre abaixo a ficha técnica do segundo jogo da decisão.

FLAMENGO 2 X 0 ATLÉTICO-PR

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 27 de novembro de 2013 (Quarta-feira)

Horário: 21h50 (de Brasília)

Público: 68.857 pagantes

Renda: R$ 9.733.785,00

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)

Cartões amarelos: Samir (Flamengo); Delatorre (Atlético-PR)

Cartões vermelhos: André Santos (Flamengo) e Ciro (Atlético-PR)

Gols: Elias, aos 42 minutos do segundo tempo; Hernane, aos 49 minutos, do segundo tempo.

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura (González), Samir, Wallace e André Santos; Amaral, Luiz Antonio, Elias (João Paulo) e Carlos Eduardo (Diego Silva); Paulinho e Hernane. Técnico: Jayme de Almeida.

ATLÉTICO-PR: Weverton, Juninho (Cleberson), Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Deivid, Zezinho, Paulo Baier e Felipe (Delatorre); Marcelo e Ederson (Ciro). Técnico: Vagner Mancini.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos