Angela Merkel classifica ataque em Dortmund como 'ato repugnante'

Após a explosão diante do ônibus do Borussia Dortmund, que deixou o zagueiro Marc Bartra ferido, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, se mostrou horrorizada com o ocorrido. Segundo ela, as autoridades estão fazendo "todo o possível" para esclarecer o ataque o mais rápido possível.

- Ontem (terça-feira) estávamos todos horrorizados quando recebemos a notícia do ataque contra o ônibus do Dortmund com os jogadores dentro. Estamos de acordo de que se tratou de um ato repugnante. O procurador-geral e as autoridades investigadoras estão fazendo todo o possível para esclarecer o mais rápido possível estes fatos - afirmou Merkel em visita à empresa alemã Viessmann.

A chanceler também comentou sobre os feridos. Além de Bartra, um policial que escoltava o veículo em uma moto também ficou machucado após a explosão tripla. Ela os desejou uma "completa recuperação". O jogador teve uma fratura no braço direito e ferimentos leves, e foi operado, mas já está bem.

- Nossos pensamentos estão agora com os jogadores, que jogam nesta quarta-feira a partida adiada, com o Borussia Dortmund, com os torcedores, e esperamos que possa ser um jogo pacífico e bom - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos