Físico e marcação: Jean Mota projeta melhora para ser titular do Santos

Ser canhoto foi a principal credencial de Jean Mota para ser escolhido pelo técnico Dorival Júnior como o substituto de Zeca na lateral esquerda do Santos. Com a lesão do titular, o meia sabe que terá uma sequência de jogos pela frente, mas para corresponder às expectativas, ele também sabe que precisará corrigir alguns aspectos.

Nesta quarta-feira, ele projetou o futuro e comentou sobre os principais fatores a serem aprimorados.

- A parte física (é o diferencial das posições). Aprimoramos muito mais. A marcação também. O meia não tem tanta responsabilidade de marcar. É diferente errar na frente e atrás. Temos que nos focar na marcação e no apoio também - comentou, sobre as diferenças táticas entre ser meia e lateral.

A respeito da sequência de jogos como titular, Jean admite que não esperava a oportunidade e lamenta pelas lesões de Zeca e Caju.

- Não esperava, mas sempre venho trabalhando. Treinei muitas vezes na lateral, então estou ambientado na função. Com a perda do Zeca, vamos sentir bastante. Mas por quem o professor optar, estará preparado. Estou preparado para essa sequência e para mostrar mais meu trabalho - finalizou.

O camisa 39 deverá ser titular contra o Santa Fe, na Colômbia, no dia 19, pela terceira rodada da Libertadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos