Tentando desencantar, Luis Fabiano ganha apoio no Vasco

  • Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Ainda em busca do seu primeiro gol pelo Vasco, Luis Fabiano volta ao time neste domingo, contra o Botafogo, pela final da Taça Rio. Nesse momento difícil em que vive um incomodo jejum, o atacante ganha apoio de todos no clube. Nas entrevistas, os companheiros de time e o técnico Milton Mendes tiram a pressão do Fabuloso e destacam a sua importância mesmo sem balançar as redes.

"O gol vai sair naturalmente. Ele está sempre fazendo o papel dele, aparecendo nas bolas. Está confiante, no momento certo vai sair e o grupo inteiro está apoiando ele. Ele já passou por muitas dificuldades, como essa de o gol não sair, mas é tudo na hora certa. Deus sabe de todas as coisas, uma hora esse gol vai sair e vamos comemorar juntos", disse o volante Douglas.

Apesar de não estar decidindo dentro de campo, o que nota-se é que Luis Fabiano já virou uma liderança no elenco em pouco menos de dois meses no clube. Tanto que o experiente jogador, de 36 anos, assumiu a braçadeira de capitão. Milton Mendes diz que o seu camisa 9 é um exemplo dentro do grupo.

"O Luis tem se mostrado um verdadeiro exemplo. Ele é um dos mais velhos, assim como o Nenê, que é quem mais corre em treinos e jogos. São exemplos positivos, é importante para os mais jovens. Essa mescla é muito boa", disse.

Um dos mais jovens do time, com apenas 18 anos, Douglas reforça o discurso no treinador. Segundo o volante, o Fabuloso vem sendo uma referência e está sempre orientando os companheiros.

"O Luis Fabiano é um excelente jogador, um exemplo que a gente tem no futebol. Ele fala bastante com a gente, dá sempre apoio para o grupo. É uma confiança que ele tem com o grupo também. A gente sabe que o gol é questão de tempo e vai sair naturalmente", comentou o jovem.

Luis Fabiano não vem recebendo força apenas de jogadores e comissão técnica. Para sair da seca de gols, o camisa 9 também tem o respaldo da diretoria e do presidente Eurico Miranda.

O jurídico do time também trabalhou para ajudar Luis Fabiano na má fase. O atacante ganhou pena de quatro jogos por conta da expulsão contra o Flamengo, na quinta rodada da Taça Rio, no dia 26 de março. No entanto, os advogados conseguiram um efeito suspensivo para o atacante, que agora está liberado para decisão contra o Botafogo e a semifinal contra o Fluminense.

Período importante para voltar melhor

Luis Fabiano perdeu dois jogos por conta da expulsão contra o Flamengo, no último dia 26: contra o Boavista e contra o próprio Rubro-Negro, desta vez pela semifinal da Taça Rio. No entanto, isso é visto de maneira positiva no Vasco. Isso porque assim o atacante teve mais tempo só para treinar.

Em um período de 20 dias, o Fabuloso disputou apenas uma partida, que foi contra o Nova Iguaçu, na última rodada do segundo turno. Vale lembrar que antes de acertar com o Vasco, Luis Fabiano não disputava uma partida desde outubro e fez treinos apenas físicos, separado do grupo do Tianjin Quanjian (CHN), enquanto aguardava definir sua situação.

O técnico Milton Mendes diz os últimos dias foram importantes para o seu camisa 9, que fez um trabalho especial. Segundo ele, o Fabuloso vai estar melhor agora.

"O Luis treinou muito bem e com certeza vai estar em um momento melhor do que antes. Fizemos um trabalho especial com ele. Se não for agora (a hora do gol), certamente vai nos ajudar muito", comenta o técnico.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos