Ex-Inter destaca meta no Rio Verde e exalta superação dos atletas

Após assumir o Rio Verde na zona de rebaixamento do Campeonato Goiano, o técnico Régis Amarante conseguiu manter a equipe na Série A do Estadual para a próxima temporada. O treinador comemorou o feito com a equipe do interior goiano, ressaltando que apesar de seu time ser pequeno, conseguiu obter grandes vitórias durante sua estada no comando técnico.

- O importante quando se assume o comando de um time de futebol é pensar em grandes objetivos e títulos. Porém, diante de toda a situação difícil que enfrentamos no Rio Verde, para mim foi muito importante deixar o clube na Primeira Divisão. Tivemos três vitórias fantásticas, contra Goiás e Atlético-GO, que são equipes grandes no estado, e diante do Goianésia, quando tínhamos dois jogadores a menos, e fizemos o gol da vitória por 1 a 0, aos 49 minutos do segundo tempo. Esta foi uma vitória épica, a mais emocionante da minha carreira tanto como jogador quanto como treinador, devido a todo o contexto envolvido - contou Régis, de 40 anos.

Régis assumiu o Rio Verde na sétima rodada da primeira fase do Estadual, quando a equipe ainda estava sem vencer na competição. Além de grandes dificuldades financeiras e estruturais do clube, o treinador deve de reorganizar o grupo de jogadores que junto da chegada dele recebeu mais algumas contratações com a competição em andamento.

- Enfrentamos muitas dificuldades, mas conseguimos com união e esforço de todos alcançar o objetivo do clube. Em um dado momento tivemos que fazer muitas improvisações, mas contei com a dedicação dos atletas para superarmos as adversidades. Então, sobretudo, sou muito grato a todos os jogadores que estiveram conosco nesta caminha - disse o treinador, destacando a fórmula que usou para motivar os jogadores do Rio Verde:

- Quando fui jogador, sempre fui capitão nas equipes pelas quais atuei, sempre fui uma pessoa de dialogar, de resolver as coisas na conversa. Então, no Rio Verde tive de usar desta condição para motivar os jogadores. Mostrei a eles que apesar dos problemas, estarmos ali era uma oportunidade para aparecermos tanto eles quanto eu. E juntos conseguimos.

Depois do Campeonato Goiano, Régis retornou para o Rio Grande do Sul. O treinador irá analisar ofertas e sondagens junto ao seu empresário Cassiano Rocha, para aí sim definir por qual clube irá trabalhar no segundo semestre.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos