Real recebe o Bayern na volta de Alonso e Ancelotti ao Bernabéu

Um gigante ficará pelo caminho. Nesta terça-feira, às 15h45 (de Brasília), o Real Madrid recebe o Bayern de Munique no Santiago Bernabéu no jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões. Os Merengues chegam para o confronto decisivo podendo perder por até 1 a 0, uma vez que venceram, na Allianz Arena, por 2 a 1, em noite de Cristiano Ronaldo, autor dos dois gols.

O duelo marcará o reencontro de Xabi Alonso com o Santiago Bernabéu, onde ficou de 2009 e 2014. O volante espanhol, agora no Bayern de Munique, fará o último jogo dele no estádio, uma vez que já anunciou que irá se aposentar no fim da temporada.

- Não sei como vou lidar com isso. Vou me lembrar de todos os momentos que passei ali e que marcaram minha história no Real Madrid. Será a minha despedida perante torcedores que respeito muito e dos quais sempre recebi o mesmo - disse o jogador, ao "El País".

No Real, Xabi Alonso conquistou um Campeonato Espanhol, duas Copas do Rei e uma Liga dos Campeões. Ele espera uma boa recepção da torcida madridista e lembra quando o ex-companheiro Cristiano Ronaldo pisou em Old Trafford, para duelo contra o Manchester United, em 2013.

- Me lembro da volta de Cristiano Ronaldo a Old Trafford com a camisa do Real Madrid. Fiquei impressionado. Foi uma recepção de categoria mundial, os simpatizantes ovacionaram-no como ele merecia.

No Real Madrid, Xabi Alonso deixou um sucessor: Casemiro, que também joga com a 14 'imortalizada' pelo espanhol. O brasileiro assumiu a titularidade somente em janeiro de 2016, mas ocupou a posição assim como o volante do Bayern de Munique.

- Sabemos que o Xabi Alonso tem uma qualidade imensa. É o jogador que manda no meio de campo do Bayern. Aprendi muito com ele no Real Madrid. Quando saiu, desejei muita sorte a ele, mas amanhã (terça-feira) não quero que ele tenha sorte. Tomara que ele não faça um bom jogo e que nós saiamos com a vitória - afirmou o brasileiro, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

REAL MADRID NÃO TERÁ BALE

O Real Madrid não terá Bale para o confronto desta terça-feira contra o Bayern de Munique. O galês não se recuperou de uma lesão na panturrilha da perna direita, que o fez ser substituído por Asensio no início do segundo tempo no jogo de ida, e não treinou nesta segunda-feira no CT de Valdebebas, na capital espanhola.

Isco deve ocupar a vaga do meia-atacante, principalmente pela excelente partida contra o Sporting Gijón, no último sábado, quando comandou os Merengues na vitória por 3 a 2, com direito a dois gols. Lucas Vázquez, Asensio e James Rodríguez correm por fora. Quem também não encara os alemães são os zagueiros Pepe e Varane, mas a ausência da dupla já era esperada.

- Bale trabalhou muito para voltar à equipe depois de ficar fora por três meses. Quando voltou, estava muito contente. Sente dores que lhe impedem de estar bem. Espero que não seja nada grave e que ele volte a treinar logo. Não estará contra o Bayern porque não queremos arriscar. Ele quer muito e está trabalhando muito, merece estar conosco neste fim de temporada. - elucidou Zidane, em entrevista coletiva:

- Isco está preparado, o que é o mais importante para mim. Decidiremos amanhã (terça) como vamos jogar.

Zidane falou também sobre o atacante Robert Lewandowski. O polonês, desfalque no jogo de ida, voltará ao time bávaro no Santiago Bernabéu.

- Sabemos o jogador que ele é. É um verdadeiro 9, um 'plus' para o Bayern. Mas todo o time deles é bom, em todas as linhas.

Para Casemiro, o Real Madrid não pode mudar sua forma de jogar se quiser avançar à semifinal da Liga dos Campeões.

- Não pode mudar nossa mentalidade nem a forma de ver o futebol. O resultado da ida foi muito importante, mas precisamos do apoio da torcida e que ela nos ajude. Sabemos que é um jogo muito difícil porque o Bayern é muito perigoso - comentou Casemiro.

BAYERN COM PROBLEMAS NA ZAGA

Outro que voltará ao Santiago Bernabéu será Carlo Ancelotti. Comandante merengue na conquista da 'La Décima' em 2013/14, ele pisará no estádio pela primeira vez desde que saiu do clube, em 2015.

- Foram dois anos aqui, guardo excelentes recordações e isso é o que conta. Mas não sei como vão me receber.

O técnico terá a volta de Lewandowski, que treinou com os companheiros após se recuperar de um problema no ombro. Na zaga, Hummels e Boateng fizeram atividades individuais e são dúvidas. Javi Martínez, expulso na Alemanha, está fora.

- Lewandowski está bem, treinou ontem (domingo) com os outros jogadores e não teve problemas. Isso é importante. Já Boateng e Hummels também treinaram, mas individualmente. Todos têm chances de jogar - explicou Ancelotti, em coletiva.

Termo comum na imprensa espanhola após a virada histórica do Barcelona sobre o PSG, com o 6 a 1 no Camp Nou, a 'remontada' foi tema da entrevista do treinador. Ancelotti disse que o Bayern de Munique precisa fazer uma partida perfeita para sair com a classificação de Madri.

- Durante 60 minutos na Allianz Arena foi um bom jogo, controlamos. Temos que fazer isso durante o jogo todo, sem erros. Temos que fazer uma partida perfeita, com valentia, intensidade e qualidade.

FICHA TÉCNICA

REAL MADRID X BAYERN DE MUNIQUE

DATA/HORA: 18/04/2017, às 15h45 (de Brasília)

LOCAL: Santiago Bernabéu (ESP)

ÁRBITRO: Viktor Kassai (HUN)

REAL MADRID: Navas; Carvajal, Sergio Ramos, Nacho e Marcelo; Casemiro, Kroos e Modric; Isco (James Rodríguez), Benzema e Cristiano Ronaldo. Técnico: Zinedine Zidane.

BAYERN DE MUNIQUE: Neuer, Lahm, Kimmich, Alaba e Bernat; Alonso, Vidal e Thiago Alcântara; Robben, Ribéry e Lewandowski. Técnico: Carlo Ancelotti.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos