Dortmund precisa de gols para passar pelo Monaco na Champions

O Borussia Dortmund terá que jogar como nunca para avançar à semifinal da Liga dos Campeões. A equipe alemã visita o Monaco nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), no Stade Louis II, com uma desvantagem para lá de desagradável. Na ida, após as explosões que acertaram o ônibus que levava a delegação para a partida no Signal Iduna Park, o time perdeu por 3 a 2 e precisará de dois gols de vantagem para se classificar.

Em Dortmund, o Monaco provou que seu ataque é realmente um dos mais fortes da Europa (em números, o mais poderoso) e fez três gols, além de ter perdido um pênalti.

Bartra, o único ferido no ataque ao veículo, vai ficar quatro semanas fora e não joga. Götze e Schürrle também são desfalques, com Durm e Rode ainda como dúvidas.

- Precisamos jogar e estou convencido de que somos capazes de fazê-lo. Eu trouxe um time de qualidade aqui e podemos avançar por dois objetivos claros: estamos prontos para o jogo e focados. Vai ser muito difícil, mas estamos confiantes - disse o técnico Thomas Tuchel, em entrevista coletiva.

O meia-atacante Marco Reus, que voltou no último sábado ao time pelo Campeonato Alemão após se recuperar de lesão muscular, admitiu que a situação é complicada, mas não vê total favoritismo ao Monaco.

- Na minha opinião, ainda está 50 a 50. O resultado do primeiro jogo não foi favorável para nós, mas temos a mentalidade de transformá-lo. Temos uma boa equipe e uma boa chance de qualificação. Eu acredito fortemente que podemos fazê-lo - afirmou Reus, também em coletiva:

- Esta temporada mostramos que somos consistentes e capazes de jogar bem por 90 minutos. Na Liga dos Campeões, não basta jogar bem por apenas uma hora.

MONACO NÃO TERÁ FABINHO

O técnico Leonardo Jardim afirmou que o Monaco não vai mudar sua postura diante do Borussia Dortmund. Apesar da vitória no jogo de ida, o comandante disse que não vai deitar sobre a vantagem.

- A nossa equipe está acostumada a jogar de uma determinada forma e não vamos mudar nosso DNA. Talvez tenhamos que fazer gols para passar de fase. Esperamos o Dortmund mais forte do que na primeira etapa. Eles terão Castro e Reus, que são jogadores importantes para eles.

Leonardo Jardim terá a volta de Bakayoko após cumprir suspensão. Ele entra na vaga de Fabinho, que levou o terceiro cartão amarelo. Sidibé segue se recuperando de apendicite.

O zagueiro Glik espera um Borussia Dortmund ainda mais forte do que no primeiro jogo.

- Estamos esperando um jogo difícil, sem tréguas, pois o Borussia é muito poderoso no ataque - disse o defensor, em entrevista ao site oficial do Monaco.

FICHA TÉCNICA

MONACO X BORUSSIA DORTMUND

DATA/HORA: 19/04/2017, às 15h45 (de Brasília)

LOCAL: Stade Louis II, Monaco (FRA)

ÁRBITRO: Damir Skomina (SVN)

MONACO: Subasic; Touré, Glik, Jemerson e Mendy; João Moutinho, Bakayoko, Bernardo Silva e Lemar; Falcao, Mbappé. Técnico: Leonardo Jardim.

BORUSSIA DORTMUND: Bürki, Piszczek, Sokratis, Bender e Schmelzer, Weigl, Castro, Dembelé, Kagawa (Guerreiro) e Reus; Aubameyang. Técnico: Thomas Tuchel.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos