Odebrecht delata: ex-ministro pediu ingressos da Copa em negociações

Em delação premiada no âmbito da Operação Lava Jata, Marcelo Odebrecht, ex-presidente da construtora que leva seu sobrenome, revelou que o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega pediu ingressos para jogos da Copa do Mundo de 2014. A solicitação teria ocorrido durante negociações para liberar financiamentos para a Arena Corinthians. A informação foi publicada inicialmente pelo blog Antagonista.

Odebrecht diz não saber se o pleito fora atendido. O ex-ministro desejava entradas para a abertura da Copa e "mais algum outro jogo na Arena Itaquera".

Mantega é investigado em um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele se reuniu diversas vezes com o ex-presidente da Odebrecht entre 2012 e 2013 para tratar, entre outros assuntos, do financiamento da Arena Corinthians, que contou com dinheiro do BNDES e isenção fiscal por meio de CID's (certificados de incentivo ao desenvolvimento).

Também em delação, Marcelo Odebrecht afirmou que o investimento no estádio foi uma frustração para a empresa, e contou o motivo da empreiteira buscar investir na Copa do Mundo:

- Foi um pepino! A gente só entrou na Arena Corinthians porque o Governo tinha prometido financiamento para a realização da Copa do Mundo. Aí depois não dão. Aí, eu passo uma grande parte do tempo lutando para conseguir o que eles tinham prometido para a gente entrar. Eu era um "mendigo", porque ia lá pedir coisas. Na verdade, só entrei porque eles tinham prometido - afirmou o empresário, em depoimento para a Justiça Eleitoral.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos