100 anos no Parque dos Sonhos: Do Jardim Suspenso até a América

  • Moacyr Lopes Junior/Folha Imagem

A última imagem do antigo Estádio Palestra Itália para o torcedor começou a nascer em 1962, depois do fechamento em 21 de abril. O dinheiro arrecadado com a venda de Chinesinho ao Modena, da Itália, serviu para que o Palmeiras investisse na remodelação da nova casa. No terceiro episódio da especial 100 anos do Parque dos Sonhos, vamos detalhar a era do Jardim Suspenso.

FIM DE PROBLEMA

A principal novidade foi a suspensão do gramado em cerca de três metros. Localizado em uma área sujeita a alagamentos desde o início do século, o projeto tinha como ideia acabar com o problema. Além disso, arquibancadas atrás gol onde atualmente é o setor norte do Allianz formavam a "ferradura".

"São dois córregos que passam por aqui. Sempre havia enchente. Antigamente, era uma várzea. Você tinha o estádio aqui e mais nada. Só o Tietê lá embaixo", diz o pesquisador palmeirense José Ezequiel de Oliveira Filho.

A inauguração do Jardim Suspenso aconteceu em sete de setembro de 1964, uma segunda-feira, contra a Sociedade Esportiva Guaratinguetá e vitória por 2 a 0 com gols de Ademar Pantera e Rinaldo.

O estádio reformado passou a abrigar o departamento administrativo e de fisioterapia abaixo do campo. Foi no Jardim Suspenso que as duas Academias do Palmeiras desfilaram o futebol. Lá também houve o recorde de público em 1976, quando o Verdão venceu o XV de Piracicaba por 1 a 0 e faturou o título paulista. Foram 40.283 torcedores, número superado somente em novembro do ano passado, no jogo do título brasileiro contra a Chapecoense, quando o Allianz Parque recebeu 40.986 pagantes.

Após faturar o estadual de 1976, o clube viveu jejum de títulos dentro e fora do Parque Antarctica. Apesar disso, entre 1986 e 1990 o Verdão ficou invicto no estádio por 68 partidas consecutivas. É a melhor marca neste cem anos.

VOLTA DOS TÍTULOS

Os títulos voltaram em larga escala a partir de 1993 e a torcida passou a ver grandes esquadrões em ação no Palestra Itália, mas título em casa novamente somente em 1996, com a conquista do Campeonato Paulista. Dois anos depois, veio a Copa Mercosul, aquecimento para o que vinha pela frente em 1999.

O estádio passou por algumas transformações na década de 1990. O espaço vazio entre a arquibancada e a numerada descoberta ganhou arquibancada e a "ferradura" ficou completa. Foi já com o novo formato que o palmeirense comemorou a Libertadores, dia 16 de junho de 1999, diante do Deportivo Cali.

Na última década do Jardim Suspenso, algumas reformas pontuais aconteceram como a criação do setor família, pequena arquibancada levantada ao lado da numerada coberta e também o surgimento do setor Visa, no centro do campo. Foi com este formato que o Verdão ganhou o Paulistão de 2008, último título do velho Palestra, e fechou as portas no dia 9 de julho de 2010, no amistoso contra o Boca Juniors.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos