Colina x Palestra: Relembre quando os míticos estádios 'se enfrentaram'

Dois dos estádios mais míticos do Brasil compartilham uma data especial nesta sexta-feira. São Januário completa 90 anos de sua inauguração, e o Palestra Itália, antiga casa do Palmeiras, comemora um século da primeira partida do Verdão lá. Apesar de serem palcos antigos e terem times gigantes jogando, foram poucos os encontros em mata-mata que reuniram a Colina e o Palestra. A primeira vez foi apenas em 1993, e a última em 2008. Os encontros mais emblemáticos foram em 1999, em que os paulistas eliminaram os cariocas nas oitavas de final da Libertadores ganhando por 4 a 2 na Colina, e no ano seguinte o Cruz-Maltino aplicou uma virada história por 4 a 3 na final da Copa Mercosul. Lembre abaixo.

TAÇA JOÃO HAVELANGE - 1993

Em 1993, os rivais se encontraram na primeira fase Torneio João Havelange, campeonato organizado pela CBF que tinha o Vasco como campeão carioca, o Palmeiras como vencedor do Paulistão e do Rio-São Paulo, Corinthians como vice do Verdão nestes dois torneios, além do Mogi Mirim, campeão do Torneio Ricardo Teixeira, que foi uma espécie de Segunda Divisão do Rio-São Paulo. Na ida, o Cruz-Maltino fez 3 a 0 na Colina, e na volta, derrotou o time paulista por 1 a 0.

COPA LIBERTADORES - 1999

Na Libertadores de 1999, os dois rivais se encontraram nas oitavas de final. O Vasco entrou no torneio já nesta fase por ser o atual campeão. No Palestra, empate em 1 a 1 que deixou os cariocas confiantes. Mas na volta, em atuação desastrosa do goleiro Márcio e com Alex voando, o Verdão fez 4 a 2 em São Januário e avançou. Acabou sendo campeão.

O fim de 2000 guarda ótimas lembranças do Palestra Itália para os vascaínos, em finais que passaram ainda por São Januário. A mais emblemática é da Copa Mercosul.

COPA MERCOSUL - 2000

Na final disputada em três jogos, a primeira partida foi na Colina e o Vasco venceu por 2 a 0, gols de Juninho Pernambucano e Romário. Na segunda, o Palmeiras venceu por 1 a 0, gol de Neném e forçou a finalíssima, que seria novamente no Palestra. E acabou sendo um dos jogos mais espetaculares da história do estádio, embora para a tristeza dos palmeirenses.

Arce, Magrão e Tuta fizeram 3 a 0 no primeiro tempo, e o time segurou este resultado até os 15 minutos da etapa final, quando começou a reação vascaína com Romário. Ainda assim, tudo ficou mais difícil com a expulsão de Júnior Baiano. Ainda assim, o Baixinho fez mais dois, Juninho Paulista deixou o dele, e o Vasco foi campeão.

CAMPEONATO BRASILEIRO - 2000

Outra ida feliz do Vasco ao Palestra pouco depois não teve o Palmeiras como rival, mas sim o São Caetano. Na final do Campeonato Brasileiro do mesmo ano, o Cruz-Maltino arrancou o empate em 1 a 1 contra o Azulão, sensação daquele ano no Brasil todo. A volta seria em São Januário, mas a partida durou pouco mais de 20 minutos. Acabou sendo remarcada para o Maracanã e os cariocas foram campeões.

COPA SUL-AMERICANA - 2008

Os dois históricos estádios voltaram a ser protagonistas de um mata-mata em 2008, na Copa Sul-Americana. Ainda na primeira fase, com jogos só entre brasileiros, o Vasco recebeu o Palmeiras na Colina e venceu por 3 a 1, levando um bom resultado para São Paulo. Mas o Verdão fez 3 a 0 dentro do Palestra Itália e eliminou o Cruz-Maltino.

NA TRAVE

No Campeonato Brasileiro, quase que o confronto aconteceu em duas oportunidades. Em 1978, os dois times poderiam ser finalistas, mas o Guarani de Zenon e Careca eliminou o Vasco. Em 1986, ambos caíram nas oitavas de final. O Cruz-Maltino novamente caiu para o Bugre, e o Verdão saiu contra o Bahia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos