Jô e Balbuena pedem cabeça erguida no Timão e foco na semi do Paulistão

O Corinthians encarou a sexta eliminação em sua Arena após a derrota nos pênaltis para o Internacional, na Quarta Fase da Copa do Brasil. O baque, porém, não irá ter efeito ao longo do temporada, se depender dos jogadores.

Jô e Balbuena foram dois dos atletas corintianos que bateram na tecla de erguer a cabeça e não deixar com que o revés possa atrapalhar o trabalho que vem sendo desenvolvido desde o início do ano.

O centroavante, que converteu sua penalidade, foi contundente em suas palavras na saída de campo. Pediu que o grupo não se abale e que foque na decisão que terá pela frente nos próximos dias.

- Não podemos achar que o ano já acabou. Estamos tristes pela eliminação, mas o Corinthians faz bom trabalho, vem crescendo, temos uma semifinal pela frente. A gente correu e batalhou, mas as coisas aconteceram de um jeito que a gente não queria. Tem que erguer a cabeça. O grupo tem jogadores experientes que vão passar tranquilidade no domingo - declarou Jô.

Já o zagueiro paraguaio acredita que o time não mercia ter sido eliminado pela atuação que tiveram na Arena, porém reforçou o discurso do companheiro sobre olhar para frente.

- É difícil falar agora que acabou o que poderia fazer, o que teria acontecido... A gente está fora, mas pelo que fizemos no jogo não merecemos ser eliminados. Infelizmente, sabemos que no futebol não é só merecimento. Fazer o quê? O grupo está unido nas vitórias e nas derrotas, agora é pensar em domingo - disse Balbuena.

No próximo domingo, o Timão volta para a Arena para enfrentar o São Paulo, às 16h, pela partida de volta da semifinal do Campeonato Paulista. Os donos da casa construíram uma vantagem de 2 a 0 no jogo de ida e podem perder por até um gol de diferença para garantir presença na final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos