Novo clube argentino vai à Fifa para cobrar dívida do Cruzeiro

Além do Huracán, outro clube da Argentina também recorreu à Fifa para cobrar uma dívida com o Cruzeiro. Agora, o Independiente exige o pagamento de 750 mil dólares (R$ 2,3 milhões na cotação atual) referente à transferência do meia Matías Pisano para o clube mineiro no início da temporada passada.

Pisano foi contratado no início da temporada de 2016. Na ocasião, o Cruzeiro pagou US$1 milhão (cerca de 4 milhões) e ainda perdoou uma dívida antiga em relação ao empréstimo de Ernesto Farias no valor de R$2,8 milhões. O Cruzeiro ainda possui 50% dos direitos econômicos de Pisano, que hoje defende o Tijuana, do México.

O clube mineiro tem até o dia 10 de maio para apresentar sua defesa no caso. A data é exatamente a mesma que a diretoria celeste possui para resolver sua situação com o Huracán. Na última quinta-feira, a Fifa também intimou o Cruzeiro por causa do não pagamento de 1,5 milhões de dólares ao ex-clube de Ramón Ábila.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos