'A margem de erro do Vasco no restante de 2017 tem de ser zero'

O Vasco, após as eliminações da Copa do Brasil e do Estadual, volta a atenção única e exclusiva ao Campeonato Brasileiro - onde a margem de erro tem de ser zero. Isso devido ao seu torcedor não aguentar mais momentos de tensão e desespero iguais aos últimos anos.

É possível ganhar jogos na alma, por isso o mata-mata se mostra sempre tão aberto. Porém, para uma campanha consistente em uma campeonato longo, é necessário mais do que querer muito. Tem que merecer muito. O resultado contra o Fluminense tem de servir para a diretoria acordar e trazer mais reforços. O time foi dominado pelo Flu e mostrou várias fraquezas.

O Vasco só terá uma competição pela frente e tem como obrigação fazer uma boa campanha. Não há desculpas para mostrar mais incompetência. Zagueiros, volante, meio-campista e atacante precisam ser contratados. Muitos dos reforços que chegaram não renderam o esperado.

Sabemos do cenário político que o Vasco vive, a torcida é contra a atual diretoria e com toda razão. Sabemos que o clube não tem meios financeiros de trazer grandes jogadores e se vira como pode com nomes em fim de contrato e outros encostados em empréstimo... A base poderia ser um luz? Até poderia, mas não vamos esquecer que base e profissional são totalmente diferentes e se não souber utilizar e lapidar o jovem pode queimá-lo precipitadamente;

Temos um trabalho no começo com Milton Mendes, um padrão tático mais visível ao seu antecessor e também teremos três semanas para arrumar a casinha, correr atrás de reforços pontuais e quando digo pontuais são aqueles que vão chegar e vestir a camisa. E não aqueles que procuram se tratar primeiro e depois jogar;

Tudo dependerá desses dois semestres ao Vasco. O ano do clube será definido nesses últimos meses e não podem acontecer imprevistos. É coração na ponta da chuteira, além de utilizar por meios de marketing pra chamar a torcida para perto. Pois em São Januário teremos que ser fortes e buscarmos sempre os três pontos.

*Sérgio Martins Correia Jr é torcedor do Vasco, tem 24 anos, mora no Rio de Janeiro e é estudante de jornalismo. A análise foi escrita a pedido do LANCE!

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos