Luis Enrique admite privilégio em treinar Messi: 'Pude desfrutar disso'

Luis Enrique está em seus últimos dias no Barcelona. Nesta terça-feira, já em tom de despedida, o treinador enalteceu Messi ao ser questionado se sentirá falta de comandar o camisa 10. Além disso, o técnico citou uma "injeção de moral" para a reta final do Campeonato Espanhol, em entrevista coletiva.

- Neste meu adeus eu vejo o lado positivo de ter podido treinar Messi por três anos. Pude desfrutar disso. Não vejo pelo lado de que não poderei mais fazer isso - disse Lucho, completando sobre a importância da vitória sobre o Real Madrid, no último domingo, em duelo válido pela 33ª rodada da Liga:

- Para ser campeão espanhol é preciso regularidade, e espero tê-la. Mas é evidente que o gol do Messi (aos 47 do segundo tempo, dando a vitória de virada por 3 a 2) e os outros dois foram um injeção de moral - concluiu.

Sem Neymar, ainda suspenso, o Barça volta a campo nesta quarta-feira, às 14h30 (de Brasília), para receber o Osasuna. O duelo será válido pela 34ª rodada da competição, onde o clube catalão lidera com os mesmos 75 pontos do Real Madrid, que é o segundo colocado e que tem um jogo a menos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos