Barcelona goleia lanterna, e Mascherano desencanta pelo clube

O Barcelona não teve piedade para golear o lanterna Osasuna, no Camp Nou, por 7 a 1, nesta quarta-feira. Apesar dos dois gols de Messi, André Gomes e Alcácer, o destaque foi o argentino Mascherano. De pênalti, ele balançou a rede pela primeira vez em sete anos no clube catalão. Torres descontou para os visitantes.

Com o resultado, o Barcelona chegou a 78 pontos e abriu três do Real Madrid, que encara o Deportivo La Coruña ainda nesta quarta-feira. Os Merengues ainda têm um jogo a menos contra o Celta de Vigo a disputar. O Osasuna, por sua vez, fica com 18, na última posição, e vê o rebaixamento ainda mais perto.

Messi foi homenageado por ter chegado a 500 gols com a camisa do Barcelona, com os dois feitos no clássico diante do Real Madrid, no último domingo. Muitos torcedores repetiram o gesto do camisa 10 e colocaram a camisa para frente. Outros estamparam o 'Dios' (Deus em espanhol).

Luis Enrique decidiu poupar Iniesta, Suárez e Alba contra o lanterna Osasuna. E não teve também Neymar, cumprindo o último jogo de suspensão pela expulsão contra o Málaga. Em campo, contudo, Messi estava inspirado, não deixando a torcida sentir falta dos titulares.

Logo aos 11 minutos, o Barcelona abriu o placar com Messi, que aproveitou saída errada do Osasuna e deu um toque de categoria por cima do goleiro Sirigu. O jogo estava tranquilo para os catalães, que não eram ameaçados. E chegou ao segundo com André Gomes, escorando cruzamento de Rakitic. E ainda perdeu duas chances de aumentar o placar, com Arda Turan e Alcácer.

O Osasuna começou bem o segundo tempo e diminuiu em cobrança de falta com Torres. Mas foi fogo de palha. O Barcelona logo retomou as rédeas da partida e não deu a menor chance aos visitantes. O terceiro veio com André Gomes, que aproveitou chute na trave de Piqué e mandou para o fundo da rede.

A porteira estava definitivamente aberta. E Messi apareceu novamente de forma decisiva, acertando chute preciso no canto de Sirigu para fazer o quarto. Após o gol, ele foi substituído para receber os aplausos da torcida no Camp Nou.

Mesmo sem o argentino, o Osasuna não via a cor da bola. Em passe de Arda Turan, Alcácer deixou a sua marca. O principal do jogo, contudo, ainda estava por vir. Denis Suárez foi derrubado dentro da área. A torcida pediu e ele atendeu. Mascherano pegou a bola, caminhou todo o campo, ajeitou com calma e soltou a bomba, no alto, sem chances para Sirigu. Foi o primeiro gol dele em sete anos de Barcelona.

O Barcelona cadenciou nos últimos minutos, claramente esperando o fim da partida. Mas ainda teve tempo de Alcácer fazer o sétimo, após driblar o goleiro e empurrar para o fundo da rede.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos