ATUAÇÕES: Willian detona, Jean é decisivo e Guerra brilha no Uruguai

Um jogo que começou com o Palmeiras dominado e terminou com virada histórica e briga no campo e na arquibancada. A vitória por 3 a 2 sobre o Peñarol passou, principalmente, pela atuação de Willian, autor de dois gols (um golaço!), Jean, que deu duas assistências, e Guerra. Confira as notas:

PALMEIRAS

6,5

Fernando Prass

Teve uma intervenção importante para corrigir erro de Felipe Melo na saída de bola e fez uma grande defesa no minuto final.

6,5

Mina

Fez um primeiro tempo bem abaixo de sua média, parecendo perdido em alguns lances. Melhorou no segundo, com direito a gol e dancinha.

6,0

Edu Dracena

Defesa não se acertou com ele na sobra. Tentou arrumar a bagunça com coberturas, sem efeito. Estabilizou-se no segundo tempo.

4,5

Vitor Hugo

Teve trabalho para conter o lado direito do ataque do Peñarol e cometeu falhas de posicionamento. Foi substituído no intervalo.

7,5

Jean

Deu o cruzamento que culminou no primeiro gol e fez as assistências para o segundo e o terceiro. Ainda deixou Guedes sem goleiro, mas ele perdeu.

6,0

Felipe Melo

Não fez bom primeiro tempo. Ineficaz na marcação e impreciso na saída de bola. No segundo voltou ao nível habitual, inclusive iniciando ataques.

5,0

Róger Guedes

Mesmo nos melhores momentos da equipe no jogo, destoou. Perdeu um gol incrível e não conseguiu fazer jogadas de profundidade.

7,5

Guerra

Quando o time saiu do campo de defesa, começou a se destacar com ótimos passes. Gastou a bola no segundo tempo. Partidaça!

6,0

Michel Bastos

Tentou desafogar o time com algumas arrancadas no primeiro tempo, mas sempre faltou companhia. Foi um lateral bem ofensivo na etapa final.

4,0

Egídio

Dois gols do Peñarol saíram pelo seu lado. Esteve muito frágil na marcação e não conseguiu aparecer no ataque para criar alguma coisa.

5,5

Borja

Muito isolado, foi peça nula no primeiro tempo. Ganhou companhia no segundo e melhorou, mas ainda está distante do que se espera dele.

8,0

Willian

Foi fundamental para a virada, e não só pelos dois gols. Sua maneira de jogar, com dinâmica e muita entrega, fez o time acordar.

6,5

Tchê Tchê

Entrou no intervalo e ajudou o time a sair do sufoco, levando a bola à frente. Em alguns momentos lembrou o motorzinho de 2016.

-

Keno

Entrou no fim. Fica sem nota.

6,5

Téc: Eduardo Baptista

A estratégia do primeiro tempo deu completamente errado. As mudanças no intervalo, por outro lado, mudaram o time da água para o vinho.

PEÑAROL

5,0

Guruceaga

Rebateu a bola para o meio da área e gerou o terceiro do Verdão.

6,5

Petryk

Deu assistência para os dois gols de seu time, mas vacilou no gol de Mina

3,5

Quintana

Falhou nos três gols do Verdão. Ficou só olhando os rivais agirem.

5,0

Villalba

Também foi muito mal no segundo tempo, espaços demais na zaga.

4,0

Hernández

Sua lateral foi um poço de oportunidades para Jean mergulhar.

4,5

Novick

Deixou Guerra jogar como quis pelo meio, sem interrupções.

6,5

Nández

Bom jogador, ataque e defende com qualidade.Destaque individual

6,0

Alex Silva

Construiu boas jogadas, participou do segundo gol, mas caiu.

5,0

Cristian Rodríguez

Atuação apagada, sem criatividade, pouco fez.

6,5

Affonso

Marcou o primeiro gol, se aproveitando de falta que cometeu.

6,5

Junior Arias

Oportunista no segundo gol, achou espaço e deixou o seu.

5,5

A. Rodríguez

Entrou na tentativa de dar mais fôlego ao ataque. Sem sucesso.

5,0

Dibble

Foi notado quando tentou ludibriar a arbitragem com toque de mão.

-

Rossi

Entrou no fim, fica sem nota.

5,0

Téc: Leonardo Ramos

Equipe é frágil, foi só ser ameaçada minimamente e já entregou a vitória ao adversário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos