Fluminense é dono de 90% dos direitos econômicos de Wendel

O Fluminense divulgou, na última sexta-feira, o balanço orçamentário de 2016, o qual apresenta o resultado das operações referentes financeiras ao ano fiscal, como as informações sobre as porcentagens dos direitos econômicos de jogadores ligados ao Tricolor.

Com o contrato recém-prorrogado até dezembro de 2020, o volante Wendel é majoritariamente do Fluminense, dono de 90% dos direitos da jovem promessa de Xerém. Apesar do balanço ser referente ao ano de 2016, os direitos não foram alterados com a renovação do vínculo.

De acordo com o balanço orçamentário, o Fluminense detém a maior parte dos direitos econômicos de outros jogadores que já despertaram o interesse de outros clubes do Brasil e da Europa. Por exemplo, o Tricolor detém 50% do direitos de Richarlison, pelo qual o Ajax, da Holanda, fez uma oferta em fevereiro deste ano de R$ 30 milhões. Quanto a Douglas e Scarpa, o Flu soma 62,5% e 40%, respectivamente.

Flu teve recorde de receita

?

Em 2016, o clube das Laranjeiras teve uma receita operacional recorde de R$ 293 milhões, valor que representa uma evolução de 63% em relação à receita de 2015 (de R$ 180 milhões) e 140% em relação a 2014 (R$122 milhões). Tais valores podem ser explicados pelo novo acordo firmado com a Rede Globo pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, que gerou o direito irrestrito de recebimento de luvas no montante de R$ 80 milhões.

Durante a semana, o LANCE! fará uma análise do balanço orçamentário de 2016 divulgado pelo Fluminense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos