Chape vence na Ressacada e abre vantagem na final do Catarinense

Avaí e Chapecoense foram a campo neste domingo, na Ressacada, em jogo válido pela primeira partida da final do Campeonato Catarinense. Atuando em casa, o Leão mostrou descontrole e acabou sendo superado pela Chape, que contou com o gol de Luiz Antônio para assegurar o triunfo por 1 a 0.

Desta forma, o Verdão do Oeste tem vantagem para o confronto de volta, no próximo domingo, dia 7, às 16h (de Brasília), na Arena Condá, em Chapecó. Já o Avaí terá de vencer por dois gols de diferença para ficar com o título estadual.

O primeiro tempo foi bastante disputado e marcado por muitas chegadas duras. Com o perde e ganha no meio de campo, o jogo ficou picotado e as equipes tiveram pouco espaço para criar chances efetivas de gol. Tentado aproveitar a o mando de campo, o Avaí buscou a iniciativa, mas teve a pressão abafada pela Chape.

Conforme o tempo passava, o clima esquentava e o nervosismo passou a tomar conta dos jogadores. Aos 17 minutos, Capa, do Avaí, acertou uma cotovelada no rosto de Moisés Ribeiro e acabou expulso.

?

Com um a menos, o técnico Claudinei Oliveira teve de colocar o zagueiro Maurício no lugar do meio-campista Marquinhos. No entanto, a superioridade numérica da Chapecoense favoreceu para que os comandados de Vagner Mancini chegassem ao gol. Aos 35 minutos, Luiz Antônio recebeu cruzamento, dominou e acertou o chute no canto esquerdo de Kozlinski.

Na sequência, foi a vez de a Chape perder a cabeça. Andrei Girotto subiu com os braços abertos e acertou o rosto de Leandro Silva. O árbitro deu vermelho direto.

Na volta do intervalo, o Avaí pressionou e tentou de todas as formas empatar a partida. Mais uma vez, a defesa da Chapecoense fez bem o seu papel e conseguiu segurar o triunfo para o time visitante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos