Jair Ventura completa 50 jogos como técnico do Botafogo nesta terça-feira

  • Vítor Silva/SSPress/Botafogo

No dia 13 de agosto do ano passado, o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, convocava a imprensa para anunciar a efetivação de Jair Ventura como o novo técnico do clube. Quase nove meses depois, a decisão parece ter sido das mais acertadas: a equipe conseguiu a vaga na Libertadores, se habituou a vencer os gigantes do continente e pode, no jogo de número 50 de Jair sob comando do Glorioso, garantir a classificação antecipada para as oitavas de final da competição. Pela frente, terça-feira, o Barcelona-EQU no Nilton Santos.

Somando as partidas comandadas pelo técnico, vale-se lembrar das quatro em que acabou sendo interino até a chegada de um novo comandante: uma em 2010 (vitória contra o Tigres) e três em 2015 (um triunfo e dois empates). Desde que assumiu o Glorioso, no ano passado, foram 45 partidas como técnico do Botafogo. Somando-se tudo, são 49 jogos, com 27 vitórias, nove empates e 13 derrotas. Sua equipe já marcou 64 gols, tendo sofrido apenas 43 no período.

Os 61% de aproveitamento reforçam a importância de Jair dentro do clube. No Brasileirão, somou 12 triunfos em 19 rodadas, sendo o mentor da arrancada que colocou o Botafogo na atual edição da Libertadores. Nessa temporada, o sucesso dentro da competição comprova a continuidade do bom trabalho. E a chance de garantir - com duas rodadas de antecipação - a classificação se torna o principal desejo do técnico em seu jogo número 50 na beira do campo. A sua relação com o grupo alvinegro sempre é muito destacada nas entrevistas.

"Minha sensação é de orgulho. Sei que tenho jogadores que vão no limite, lutar sempre e isso para um treinador é orgulho. De comandar um time desse, de homens, de entrega, de intensidade", derreteu-se o comandante sobre o seu elenco, na última quarta-feira, após a virada diante do Sport, no Nilton Santos.

Com contrato até o final de 2018 e total respaldo da atual diretoria, o técnico tem tempo e condições de alcançar números ainda mais altos dentro do clube. Mas, para quem assumiu o Botafogo tão pressionado - e dentro da zona de rebaixamento, em 2016 - Jair pode olhar para trás e se orgulhar da caminhada até o momento. O jogo 50 do comandante pode ser ainda mais especial.

JAIR VENTURA NO BOTAFOGO:

49 JOGOS

27 VITÓRIAS

9 EMPATES

13 DERROTAS

64 GOLS PRÓ

43 GOLS CONTRA

61.2% DE APROVEITAMENTO

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos