Diferença que tiraria título do Timão nunca ocorreu em 99 jogos na Arena

Goleada por 3 a 0 no confronto de ida das finais do Campeonato Paulista, a Ponte Preta sabe que terá missão difícil para reverter o resultado e brigar pelo título no próximo domingo, na Arena Corinthians. Para se ter dimensão do tamanho da vantagem corintiana, porém, um dado chama a atenção: em 99 partidas realizadas no estádio de Itaquera desde maio de 2014, mês de sua inauguração, o Timão jamais perdeu por mais de dois gols de diferença para qualquer adversário. No jogo cem, terá justamente a Macaca pela frente para manter a escrita.

Em 99 partidas, o Corinthians sofreu apenas sete derrotas, sendo três pelo placar de 1 a 0 (Figueirense, em 2014, Guaraní do Paraguai, em 2015, e Fluminense, em 2016), uma por 2 a 1 (Santos, em 2015) e outras três vezes pelo placar mais dilatado entre todos, que foi 2 a 0 (Palmeiras, em 2015 e 2016, e Santo André, no Paulistão desta temporada). Além das sete derrotas, o Timão soma 69 vitórias e 23 empates em casa, aproveitamento de 77,4% dos pontos.

O que pode dar certa esperança à Ponte Preta nesta decisão em Itaquera é o fato de que o Corinthians já sofreu três gols na Arena em duas oportunidades, contra Penapolense e Sport. A primeira ocorreu no Paulistão de 2015, mas com vitória corintiana por 5 a 3, e a segunda no Brasileirão daquele mesmo ano, também com vitória alvinegra, mas desta vez por 4 a 3.

Para o centésimo jogo na Arena Corinthians, o clube prepara uma série de ações especiais - também em homenagem aos 40 anos do título contra a Ponte Preta que marcou o fim da fila de conquistas importantes do Timão. Os detalhes das ações serão divulgados ao longo da semana que pode anteceder o segundo título comemorado em Itaquera em menos de três anos de estádio. Para o técnico Fabio Carille, porém, é preciso respeitar o adversário.

- Essa semana vou fazer cobranças para que a gente trate o segundo jogo de forma séria. Tivemos algumas eliminações marcantes em casa, como em Libertadores, mas tivemos classificações legais também. Vou levar com seriedade essa semana para que não façamos nada de desrespeito à Ponte. Para mim ser campeão em Itaquera seria uma grande emoção, então vamos trabalhar - diz o treinador alvinegro, em busca de seu primeiro título.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos