Brasileiro se envolve em briga durante conquista da Copa da Rússia

O Lokomotiv Moscou conquistou nesta terça-feira o seu sétimo título da Copa da Rússia. A equipe da capital bateu o Ural por 2 a 0, na final da competição. Os gols foram marcados por Denisov e Miranchunk. No entanto, os dois times protagonizaram cenas lamentáveis na reta final da partida.

Nos acréscimos, jogadores dos dois times começaram uma briga generalizada, com socos e empurrões. O árbitro até tentou intervir, mas não teve jeito. Ele acabou expulsando dois de cada time: Farfán e o brasileiro Ari, do Lokomotiv, e Fidler e Manucharyan, do Ural.

Depois do jogo, o atacante falou sobre o ocorrido dentro de campo.

- No fim da partida estávamos segurando a bola para gastar o tempo, foi aí que o Fidler procurou confusão até atacar o Farfan pelas costas. Tirei-o de cima do meu companheiro e ele continuou agredindo. Não tive outra opção a não ser defender meus colegas de equipe e a mim mesmo. Felizmente essa confusão acabou e pudemos celebrar o título merecido - afirmou Ari, que é companheiro de Maicon Bolt no Lokomotiv:

- Jogo na Rússia há sete anos e Moscou é minha casa. Fico muito feliz de voltar a jogar por um clube da cidade e poder celebrar esse momento com mais um título na carreira. Além disso, recolocar o Lokomotiv na Liga Europa é um passo importante já pensando na próxima temporada - completou o brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos