Thomaz diz entender Ceni, pede mais equilíbrio e vê Liberta como mínimo

Um dia depois de Thiago Mendes afirmar que ainda "falta um pouco" para os jogadores entenderem a filosofia do técnico Rogério Ceni, o meia Thomaz disse que os atletas compreendem o treinador do São Paulo. Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, no CT da Barra Funda, o jogador destacou a importância de ter mais posse de bola, mas pediu mais equilíbrio ao Tricolor.

- Acredito que todos os jogadores estão entendendo (o que o Rogério Ceni quer). Temos mais posse de bola e maior número de cruzamentos, finalizações e escanteios, mas precisamos encontrar um equilíbrio para fazzer os gols e não sofrer. Esses números são importantes, o Barcelona foi o melhor time por muitos anos porque tinha todos esses números, mas havia o equilíbrio e eles não sofriam esses gols - analisou.

Thomaz ainda elogiou o elenco do São Paulo e disse que o mínimo que espera conseguir é uma vaga na Libertadores da América do ano que vem. Após as eliminações no Paulistão e na Copa do Brasil, o Tricolor disputa a Copa Sul-Americana e o Brasileirão.

- Com o elenco que nós temos e a grandeza do São Paulo, temos que entrar na Libertadores ano que vem, e vamos em busca de um título. Temos duas competições para isso e estamos em um bom caminho - opinou.

O meia também falou sobre a disputa no elenco. Rogério Ceni decidiu fechar à imprensa todos os treinos táticos durante a semana, e Thomaz despistou sobre a escalação que o treinador tem usado nas atividades.

- Isso é com o Rogério (sobre a forma de jogar), quero estar entre os 11. Creio que posso jogar com Cueva, mas é o Rogério que vai escolher qual é a melhor posição para eu ajudar o São Paulo - disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos