Bahia e Vitória empatam e decisão fica para o segundo jogo

Na Arena Fonte Nova, Bahia e Vitória realizaram o terceiro Ba-Vi seguido - de quatro previstos - dessa vez pela primeira partida da final do Campeonato Baiano. Ao contrário dos jogos anteriores, o resultado foi o empate em 1 a 1 - gols de Tiago para o Bahia e Armero, contra, para o Vitória - e no próximo domingo, no Barradão, o Leão baiano precisará de mais um empate para garantir o 29º título baiano, enquanto o Tricolor de Aço precisa vencer para conquistar o 47º campeonato.

A primeira chance foi do Bahia: aos 2 minutos, Zé Rafael fez uma boa jogada individual e na saída de Fernando Miguel, bateu forte no travessão. Três minutos depois veio a resposta, e Cleiton Xavier quase marcou um golaço olímpico mas Jean salvou o Tricolor. Zé Rafael estava com sorte e quase marcou após vacilo de Kanu, mas a bola foi para fora. Aos 22, o Bahia teve três chances no mesmo lance e na última, Edigar Junio chutou pela linha de fundo. De tanto pressionar, o gol tricolor saiu aos 33: Régis cobrou falta na cabeça de Tiago que abriu o placar, 1 a 0.

No segundo tempo, a primeira oportunidade foi do Bahia, e Fernando Miguel fez grande defesa após a finalização de Renê Junior. O Vitória respondeu aos 5, quando Euller cruzou e Paulinho desviou para fora. Aos 15, Allione tocou para Gustavo que, dentro da área, finalizou mal e perdeu grande chance. Aos 23, o Leão teve a chance mais clara até então: Patric bateu colocado e Eduardo salvou em cima da linha mas, no rebote, Cleiton Xavier acertou a trave. A pressão rubro-negra surtiu efeito e aos 32, saiu o gol de empate: Jean defendeu o chute de Patric mas na sequência, a bola explodiu em Armero e entrou no próprio gol, 1 a 1. Após o gol, o Vitória ainda perdeu Uillian Correia, expulso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos