Conversa esfria, e São Paulo não deve emprestar Shaylon para o Guarani

  • MARCELLO FIM/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

A diretoria do Guarani, que iniciou a semana esperançosa, adota posição mais pessimista com relação à possibilidade de contratar o meia Shaylon, de 20 anos. As conversas com o São Paulo pelo empréstimo do jogador esfriaram, deixando a situação mais distante de ser concretizada.

No time de Campinas, a informação é de que o time tricolor até aceita liberar, mas o jogador e seu estafe resistem por não se tratar de um clube da Série A, onde o meia teria mais visibilidade. O clube de Campinas se prepara para a disputa da Série B do Brasileiro. O São Paulo também prioriza o empréstimo para clubes da Série A, para ajudar no amadurecimento de seu jovem atleta.

Shaylon é um dos que podem ser liberados para enxugar o elenco, um pedido do técnico Rogério Ceni. Promovido esse ano pelo próprio Ceni após terminar 2016 como artilheiro do time sub-20, o meia não conseguiu se destacar no profissional e fez apenas sete jogos, sem gols. Na visão da comissão técnica e diretoria, um período em outro clube no qual jogue com mais frequência pode contribuir para seu amadurecimento.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos