Dani Alves, sobre o Barcelona: "A direção não mostrou a cara"

O lateral Daniel Alves vive grande fase na temporada. Ele deu duas assistências para Higuaín na última quarta-feira, quando a Velha Senhora venceu o Monaco por 2 a 0, no jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões. Apesar do bom momento, o brasileiro não esquece a forma como saiu do Barcelona no fim da última temporada.

 

- A direção não mostrou a cara. Não teve nenhum respeito comigo. Depois, quando a Fifa puniu o Barcelona e impediu que o clube contratasse, é que os diretores vieram conversar comigo para que renovasse o contrato. Os dirigentes do Barça foram falsos e não mostraram nenhum tipo de respeito para com o meu trabalho. Aqueles que hoje dirigem o Barcelona não têm nenhuma ideia de como devem tratar os seus jogadores - disse Daniel Alves, em entrevista ao jornal "ABC".

 

Depois do imbróglio para a renovação de contrato, Daniel Alves deixou o Barcelona após a última temporada e assinou com a Juventus. Ele continuou jogando em alto nível, enquanto o clube catalão ainda não encontrou o seu substituto ideal. O brasileiro explicou o motivo de ter assinado com os italianos.

 

- Queria jogar no mais alto nível dentro de um clube histórico e vencedor.

 

O jogador ajudou a Juventus a bater o próprio Barcelona nas quartas de final da Liga dos Campeões. Ele foi titular nas duas partidas, que terminaram 3 a 0, em Turim, e 0 a 0, no Camp Nou.

 

Agora, depois da vitória no Principado por 2 a 0 sobre o Monaco, a Juventus pode perder por um gol de diferença, em Turim, que avança à decisão. Na outra semifinal, o Real Madrid venceu o Atlético, no Santiago Bernabéu, por 3 a 0, e também está tranquilo na eliminatória.

 

A final da Liga dos Campeões será realizada no dia 3 de junho, em Cardiff, no País de Gales.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos