Elogiado por Mano, Dedé evita falar em sequência de jogos e titularidade

Totalmente recuperado de uma grave lesão no joelho, o zagueiro Dedé voltou a colher elogios do torcedor do Cruzeiro. Titular contra a Chapecoense, o jogador fez mais uma boa partida e ganhou também os parabéns do técnico Mano. Porém, o jogador ainda adota uma certa cautela quando questionado sobre uma eventual titularidade e uma sequência maior de jogos no futuro.

- Não sinto mais nada, mas eu não sei qual será a consequência dos jogos pelo fato de ter atuado uma partida e demorado mais para jogar a outra. Tem que ver a carga de um jogo atrás do outro para ver como é que será - comentou.

Para a final deste domingo, a tendência é de que Mano repita a zaga do clássico passado, formada com Léo e Kunty Caicedo. Porém, só de estar à disposição do treinador já é motivo de comemoração para o Dedé, que precisou acompanhar de longe os últimos clássicos contra o maior rival.

- Para mim vai ter um gosto ainda maior, por estar voltando e depois de dois anos voltar a ver essa final de perto, nem de arquibancada nem televisão. Vai ser muito importante e histórico para mim. Segundo campeonato disputado sem lesão e brigando novamente por título - acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos