Licença de Rodrigo acaba e definição no Vasco pode ficar para segunda

A passagem de Rodrigo pelo Vasco a cada dia que passa fica mais próxima do fim. O zagueiro, que chegou a São Januário em 2014, retorna nesta sexta-feira da licença tirada nos últimos dias, mas não treinará junto com o elenco. A diretoria e comissão técnica não contam com o defensor para a disputa do Campeonato Brasileiro, a partir do próximo dia 14, e dialogam uma rescisão. O rompimento no vínculo, entretanto, pode ficar para segunda-feira.

Isto por conta de ainda nesta sexta-feira Rodrigo retornar para São Paulo por conta de problemas particulares. A volta ao Rio de Janeiro está programada para justamente segunda-feira, o que impossibilitaria um desfecho no fim de semana. Aos 36 anos, o zagueiro já disputou 173 partidas pelo Vasco e nas últimas semanas perdeu espaço. Ao mesmo tempo, o Cruz-Maltino avançou nas conversas com Anderson Martins, que está para chegar e substituí-lo.

Vale destacar que Rodrigo recebeu consultas de outros clubes desde que entrou de licença no Vasco neste período de três semanas sem jogos oficiais - entre a eliminação no Campeonato Carioca até a estreia na elite nacional. Mas por conta dos vencimentos até dezembro, quando o contrato entre as partes se encerra, que precisam ser equacionados, não ocorreram avanços. Pela confiança recíproca, internamente não se esperam obstáculos para tanto.

Apesar de ser baixa, não está descartada a possibilidade de Rodrigo passar a treinar em separado em São Januário até o fim do contrato, assim como o volante Diguinho, afastado em janeiro, faz. A sua saída acontece em um momento que o técnico Milton Mendes recebeu carta branca do presidente Eurico Miranda para reformular o time, e uma das considerações do comandante era a de que o zagueiro não estava mais rendendo como se esperava.

Além de Rodrigo, outras saídas podem acontecer, mas não neste primeiro momento. Na última quinta-feira, Milton Mendes convocou os destaques das categorias de base do Vasco para que treinassem no profissional, de olho em aproveitar os melhores no Campeonato Brasileiro, já que o Cruz-Maltino não está em uma boa situação financeira para investir muito. Além de Anderson Martins, por exemplo, somente outros três jogadores devem acertar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos