Conheça a história do ex-atleta de Fla e Flu que completa 100 anos hoje

Na véspera do Fla-Flu que decide o título carioca pela primeira vez neste século, um ex-atleta dos dois clubes completa 100 anos de idade neste sábado. Lenda do tênis de mesa, Dagoberto Midosi, o Dagô, chegou a vestir a camisa rubro-negra mas fez história com a tricolor e da Seleção Brasileira no século passado.

O ex-mesatenista é um dos precursores do esporte e a história é longa. Dagoberto representou a primeira seleção que disputou o Campeonato Mundial, em 1949, na Suécia. Depois disso, Midosi ainda competiu nas edições de 1952 (Índia), 1953 (Romênia), 1954 (Inglaterra), 1955 (Holanda), 1956 (Japão) e 1957 (Suécia). Vale lembrar, por exemplo, que a Seleção Brasileira de futebol conquistou a primeira Copa do Mundo apenas em 1958, quando Pelé ainda tinha 17 anos.

Dagoberto foi procurado pela reportagem do LANCE!, mas, preparando sua festa centenária, não pôde conversar. Em entrevistas recentes, contou o início de sua história no esporte.

- Em 1941, havia parado de jogar ping-pong. Depois, inauguraram no Brasil o tênis de mesa. Estava na faculdade e não queria me adaptar. Falaram que nos bailes tinham as moças mais bonitas do Rio de Janeiro. Rapidamente aprendi a modalidade e fiz parte da equipe campeã do Fluminense por 17 anos consecutivos - brincou o ex-atleta, antes de aconselhar.

- Não parem nunca. Quando não der mais para competir, pratiquem o esporte que se dedicaram a longa vida. Foi isto que me permitiu chegar a essa idade - concluiu ao programa 'Falando de Esporte'.

Entre as conquistas, Dagô foi vice-campeão estadual individual de 1930 a 1933; campeão de 1934; 3º lugar no Sul-Americano de 1947; campeão Sul-Americano de 1949; campeão Sul-Americano de 1950; campeão Mundial Master de 1959.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos