Entre os melhores na defesa e ataque, Dorival busca equilíbrio no Santos

Uma das metas do técnico Dorival Júnior é conseguir o equilíbrio entre a defesa e o ataque do Santos. E ele parece estar no caminho certo. Com três jogos sem perder, os defensores da Baixada ocupam a terceira colocação entre as melhores da Libertadores, enquanto o ataque ocupa a primeira na categoria de finalizações, com 21 e seis gols marcados.

Apesar dos dois gols sofridos - já havia acumulado um contra o The Strongest - no jogo contra o Santa Fe, em que o Santos levou a vitoria por 3 a 2, o Peixe segue na disputa das melhores defesas do Campeonato Continental, ficando atrás de Barcelona de Guayaquile Nacional-URU (2) e empatado com The Strongest, Santa Fe e Emelec (3).

Já o ataque santista deixou para trás todos as equipes do Grupo 2 se tratando das finalizações. São 21 contra 19 do Santa Fe e 14 do Sporting Cristal e Strongest.

Para o comandante, é questão de tempo o aperfeiçoamento do Alvinegro. No entanto, comparado ao início da temporada, em que o Santos teve apenas um empate - contra o Ituano por 0 a 0, no Paulistão - Dorival conseguiu um equilíbrio maior na Liberta e segue sendo, entre os times brasileiros, o único invicto, com duas vitórias e dois empates em quatro jogos.

- É questão de tempo para encontrarmos esse equilíbrio. Temos uma defesa sólida, composta, que melhorou com a sequência de jogos na zaga (para Lucas Veríssimo e David Braz), e um ataque que sempre funcionou e criou muitas chances - disse em entrevista coletiva após o confronto com Santa Fe.

Restando duas rodadas para o encerramento da primeira fase da Libertadores, o Alvinegro precisa de uma vitória para se classificar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos