Consolidado na zaga corintiana, Pablo "pensa grande" e sonha com seleção

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O zagueiro Pablo passou por uma espiral de evolução no Corinthians. Contratado há quatro meses, formou, com Balbuena, a zaga menos vazada do Campeonato Paulista. Caiu nas graças da comissão técnica e da Fiel, comemorou o título, e, para coroar, foi eleito o melhor zagueiro da competição. Todos esses fatores permitem ao defensor almejar algo maior em sua carreira. Tendo o Corinthians como vitrine, Pablo quer definir o futuro no clube para ganhar cada vez mais espaço e realizar um sonho antigo: defender a Seleção.

"Estou feliz, então só penso em ficar. O Corinthians pode me proporcionar várias coisas para o futuro. Sou um jogador que pensa em Seleção Brasileira. Todo jogador tem de pensar grande, tenho trabalhado para me destacar, e tenho conseguido isso. Pode me proporcionar várias coisas grandes, e a Seleção é uma delas", afirmou o jogador.

A permanência, contudo, ainda não foi confirmada. O jogador pertence ao Bordeaux (FRA) e está emprestado ao Parque São Jorge até o fim do ano. A unanimidade já fez a diretoria avisar que vai "esgotar todas as possibilidades" para manter Pablo. O Timão tem a opção de compra ao fim do empréstimo, por R$ 10 milhões, mas cogita envolver o o atacante Malcom - vendido ao clube francês em 2016 - para avançar nas negociações e ter Pablo em definitivo.

"Depende de vários fatores. Não tem nada certo. O Corinthians tem tudo nas mãos, está estipulado no contrato, é só exercer a opção de compra. Cabe ao clube. Mas é isso, passando algumas semanas, vamos conversar e ver o que vai acontecer", explicou o atleta, que já manifestou o desejo de seguir no Timão para ter maiores chances de entrar no radar do técnico Tite.

"Tite até pouco tempo era técnico do Corinthians, ele observa muito o futebol brasileiro, é bem coerente nas suas análises. Todo atleta que pensa grande, pensa em Seleção Brasileira", completou Pablo.

À frente do time verde e amarelo, Tite já convocou um bom número de atletas que defenderam o Corinthians, como Gil, Marquinhos, Paulinho e Renato Augusto, além de Fagner e Rodriguinho, companheiros de Pablo na conquista do título. O Brasil conta com grandes defensores e ostenta a zaga menos vazada nas Eliminatórias da Copa da Rússia, com dez gols sofridos em 14 jogos. Se Pablo integrará essa lista algum dia, não é possível prever, mas ao menos o bom desempenho no Timão já deu ao cearense a chance de sonhar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos