'Nunca critiquei': como insistência fez Romero mudar visão e vingar no país

Vira e mexe o nome do atacante Ángel Romero é visto em manchetes de jornais e portais esportivos por conta da possibilidade de saída do Corinthians para jogar na Europa. Já foram Rubin Kazan (RUS), Sevilla (ESP), Espanyol (ESP) e uma série de outros, mas nenhuma das propostas foi adiante e hoje o paraguaio é o quarto jogador mais antigo do time titular no elenco. A explicação para a trajetória prestes a completar três temporadas ter se estendido tanto é simples: Romero decidiu esperar por oportunidades e vingar no Timão.

Hoje, o paraguaio considera que seu objetivo de não passar batido pelo Corinthians está sendo atingido, especialmente graças à conquista do Campeonato Paulista no último domingo, com gol marcado, nome ovacionado e mérito reconhecido na Arena Corinthians. Outra oportunidade de melhorar o status será colocada à prova nesta quarta-feira, contra a Universidad de Chile. Depois de vencer por 2 a 0 em São Paulo, o Timão tenta a vaga na segunda fase da Copa Sul-americana e deposita esperanças em seu atacante estrangeiro.

- Sabemos que vai ser difícil. La U mostrou na Arena que tem um time muito bom, joga um bom futebol. Vamos manter essa tática de estar bem organizado, ser compacto e defender o resultado - explica Romero, autor de três gols na temporada, contra Linense, Internacional e Ponte Preta.

Dono de apenas 20% dos direitos econômicos de Romero, o Corinthians nota a identificação cada vez maior do paraguaio com seu torcedor. Em contrapartida, tem relação difícil com seus representantes, que admitem publicamente oferecer o camisa 11 a clubes europeus e frequentemente apresentam sondagens que não se confirmam. Romero mudou a visão do Corinthians justamente por conta do foco nos objetivos do clube e em sua evolução profissional. Ele soma 125 jogos, 23 gols e agora um título como titular.

Da torcida que custou a acreditar no potencial até a diretoria que se convenceu só recentemente do profissionalismo do jogador, Romero aos poucos mostra resultados. E cala os críticos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos