Sport não fará o reconhecimento do Gramado do estádio Centenário

O Sport não fará o reconhecimento do campo do estádio Centenário. A decisão foi a pedido do técnico Ney Franco. Sendo assim, a última atividade antes do jogo contra o Danúbio, válido pela primeira fase da Copa Sul-Americana, será realizada no estádio Luiz Franzini, em Montevidéu.

A decisão do treinador partiu das dificuldades que a equipe teria para realizar suas atividades normais no Centenário. Como um trabalho com bola não seria possível, para evitar a danificação do gramado, as atividades seriam resumidas em corridas em volta do campo. Pensando em um treino tático, a melhor opção foi alterar o local.

Além do local, o horário também foi alterado. Antes, as atividades teriam início às 15h e agora será às 16h. A modificação foi determinada pela comissão técnica, visando a melhor recuperação da equipe que chegou ao Uruguai de madrugada.

O que poderia gerar mais uma preocupação é o clima de Montevidéu. No horário da partida, a previsão é que a temperatura esteja entre 11ºC e 14ºC. Entretando, o preparador físico do clube, Alexandre Lopes, já tomou as devidas medidas para que lesões sejam evitadas.

- Alguns são mais acostumados (ao Frio) e outros não. Mas a principal questão é fazer um bom aquecimento pré-jogo, maior que o natural, de cerca de 25 minutos. Os jogadores do banco também recebem uma atenção especial até mesmo para não terem nenhuma ocorrencia de lesão por não atingirem o nível adequado de aquecimento para entrar na partida - explicou o preparador.

Como o Sport venceu o primeiro jogo por 3 a 0, tem a vantagem de perder por 2 a 0 ou até três gols de diferença se marcar gols. Caso o Danúbio (URU) consiga repetir o placar da vitória do Leão, a disputa será decidida nos pênaltis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos