Suécia é logo ali! Ajax tem vantagem contra o Lyon na Liga Europa

O Ajax está perto de voltar a disputar uma decisão continental. Nesta quinta-feira, a equipe holandesa visita o Lyon, às 16h05 (de Brasília), no jogo de volta da semifinal da Liga Europa. Na ida, os comandados de Peter Bosz fizeram 4 a 1, em duelo muito movimentado e que poderia ter acabado com mais gols.

O time de Amsterdã pode perder por dois de diferença que, mesmo assim, volta a uma final continental. Feito que não ocorre desde 1995/96, quando perdeu a decisão da Liga dos Campeões para a Juventus. O time, contudo, ficou na história, com nomes como Kluivert, Davids, Seedorf, Rijkaard, os irmãos De Boer, e muitos outros, que haviam conquistado o título da competição na temporada anterior.

No primeiro jogo, os dois times atuaram para frente, criando diversas chances de gols. O placar de 4 a 1 não traduziu o que foi o jogo, que teve como destaques os dois goleiros. Os holandeses foram mais eficientes e saíram com a goleada.

Apesar do placar contrário, o técnico do Lyon, Bruno Génésio, espera a volta de Lacazette, que apenas ficou no banco na ida por conta de problemas médicos, mas deve ser titular. Para o comandante, os rivais se preocupam com o faro de gol do artilheiro.

- A disponibilidade de ter Lacazette muda muita coisa. Ele vai ter de ser alvo de atenção especial por parte dos nossos adversários, pois é um jogador capaz de marcar um gol a qualquer momento. Mas precisa da ajuda de toda a equipe para consegui-lo. O Ajax tem um time jovem, o que a pode tornar inconsistente. Teremos de saber manter a calma e, acima de tudo, ser sólidos defensivamente. Estou à espera de uma grande exibição da nossa parte - afirmou, em entrevista coletiva.

Génésio salientou ainda que motivou os jogadores, dizendo que havia ainda mais 90 minutos para conseguir o resultado.

- Houve algum desalento após o jogo da ida, mas fiz questão de salientar que ainda só se tinha jogado uma parte da eliminatória. E era ainda possível seguirmos em frente para a final. Conversamos bastante e agora precisamos fazer aquilo que somos capazes de fazer. Somos capazes de marcar muitos gols quando jogamos no nosso estádio. Acreditamos muito em nós mesmos.

TÉCNICO DO AJAX CONFIANTE

O técnico do Ajax sabe da importância de um gol fora de casa, uma vez que já sofreu um em Amsterdã. Para Peter Bosz, o importante é a classificação para a decisão.

- Não vou escolher entre marcarmos um gol ou não sofrermos três: o nosso objetivo passa por marcar gols e não sofrer nenhum! Somos uma equipe jovem, mas este já é o nosso 18º jogo europeu da temporada. Então, também já temos alguma experiência - disse o comandante, também em entrevista coletiva.

Bosz comentou ainda que o Ajax terá que descobrir uma fórmula para atuar diante dos torcedores do Lyon.

- Vamos ter de aprender o mais rapidamente possível a fazermos o nosso jogo igualmente quando atuamos fora de casa, em estádios com torcedores fervorosos. Já experimentamos isso na arena do Schalke (onde o Ajax deixou fugir uma vantagem de 2-0 antes de se classificar na prorrogação). Há uma diferença quando 60 mil torcedores estão torcendo por nós ou quando nos estão vaiando. Quando estão contra nós, há que aprender a usar isso como fonte de motivação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos