Lesão tira Léo Príncipe por ao menos um mês e deixa Fagner sem reserva

Substituído aos 44 minutos do primeiro tempo na vitória corintiana por 2 a 1 diante da Universidad de Chile, pela Copa Sul-Americana, o lateral-direito Léo Príncipe foi submetido a exames e recebeu uma má notícia nesta sexta-feira: o diagnóstico é de estiramento muscular no bíceps femoral da coxa esquerda, e a previsão de recuperação é de até um mês e meio.

Léo Príncipe é o único lateral-direito do elenco alvinegro além do titular Fagner, que não pôde atuar no Chile por suspensão. O Corinthians negocia com Cicinho, do Ludogorets (BUL), mas a tendência é que o jogador seja liberado somente em junho. Assim, o Timão terá que apelar para o improviso do volante Paulo Roberto em caso de necessidade.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos