ATUAÇÕES: Jô e Jadson vão bem, mas defesa vacila na Arena Corinthians

Jadson e Jô, autor do gol do Corinthians, foram os únicos que ficaram acima da média no empate em 1 a 1 com a Chapecoense. Em noite de pouca inspiração de seus jogadores, restou uma estreia com um pontinho em casa por conta de vacilos na defesa. Confira as notas do jogo na Arena Corinthians:

CORINTHIANS

6,0

Cássio

Não teve muito trabalho com finalizações. Mostrou muita segurança para cortar os insistentes cruzamentos da Chape. No gol, nada pôde fazer.

5,5

Fagner

Era um dos melhores do time no primeiro tempo. No segundo, tentou se atirar depois de perder o tempo da bola no gol da Chapecoense.

5,5

Balbuena

Teve dificuldades no duelo contra o habilidoso Arthur Caíke. A boa técnica para sair jogando ajudou o time a escapar de marcação pressão.

5,5

Pablo

Levava a melhor em todas as disputas pelo alto, principalmente nos duelos com Wellington Paulista, mas saiu machucado no primeiro tempo.

5,0

Guilherme Arana

Ofensivamente, foi perigoso em cruzamento para Rodriguinho. Na defesa, viu o gol sair em seu setor e sofreu para contar as descidas de Apodi.

5,5

Gabriel

Abafou chute na área com os braços, mas se livrou do pênalti pelo erro do árbitro. Ficou sobrecarregado na proteção aos zagueiros.

5,0

Maycon

Assim como Arana, foi muito mais útil no setor ofensivo. Atrás, demorou na recomposição e deixou Gabriel em apuros em todo jogo.

6,5

Jadson

Melhor e mais participativo do time. Não se limitou ao lado direito, buscou o jogo, teve dinâmica e criou as melhores oportunidades do Timão.

6,0

Rodriguinho

Duas finalizações perigosas e a assistência para Jô mantiveram a eficiência do meia, mas faltou ser mais constante na partida de ontem.

4,5

Romero

Começou com boa finalização de fora da área. Depois, desapareceu em campo e marcou de longe a jogada que resultou no gol catarinense.

6,5

A fase segue excelente. Gol típico de centroavante, com bom giro e frieza para finalizar. Abre espaços e não para de perturbar os zagueiros.

5,0

Pedro Henrique

Não teve a mesma eficiência que Pablo para os duelos pelo alto e deixou a defesa alvinegra menos segura do que o usual.

4,5

Léo Jabá

Fazer mais do que Romero não era difícil, mas o garoto entrou apagado e ainda foi prejudicado pelo excesso de chuveirinhos no fim.

4,5

Kazim

Entrou para trombar com os fortes zagueiros da Chape, mas só apareceu ao deixar o pé no goleiro Jandrei já nos acréscimos.

5,0

Téc: Fábio Carille

Ao optar por Kazim, fez o time abandonar o bom toque de bola para apelar para cruzamentos. Precisa de mais alternativas ofensivas.

CHAPECOENSE

6,0

Jandrei

Nervoso no início, depois melhorou e se mostrou seguro na partida.

6,0

Apodi

Na defesa deixou alguns espaços e no ataque sempre levou perigo.

6,5

Luiz Otávio

Bem no jogo aéreo, conseguiu afastar as ameaças corintianas.

5,0

Victor Ramos

Vacilou na marcação em Jô no lance do gol, mas depois foi bem.

6,5

Reinaldo

Não sofreu com jogadas pela sua lateral e foi bem quando atacou.

6,0

Andrei Girotto

Dominou o meio-campo na marcação, pecou nos passes.

5,5

Luiz Antonio

Fez transição razoável ao ataque, mas tomou decisões erradas.

6,5

Rossi

Procurou seu espaço pelos dois lados e cruzou a bola que originou o gol.

6,5

Arthur Caike

Foi o mais lúcido no ataque e cabeceou na trave no lance do gol.

5,5

João Pedro

Muita disposição e velocidade, porém não teve calma para definir os lances que ajudou a criar.

6,5

Wellington Paulista

Era pouco efetivo até marcar o gol de empate em lance de oportunismo

5,5

Osman

Menos presença de área, mas compensou na composição do meio-campo.

5,5

Nadson

Participação discreta, apenas renovou o fôlego da equipe na reta final.

-

Nenén

Entrou no fim. Fica sem nota.

6,5

Téc: Vágner Mancini

Armou bem a equipe, apresentando belo futebol na Arena.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos